A WEG e o grupo chinês Weifu assinaram contrato de transferência de titularidade de ações da empresa Nantong Electric Motor Manufacturing. Prevê-se que a WEG assumirá a empresa em meados de dezembro próximo.

A aquisição das ações da Nantong Electric Motor Manufacturing é mais um passo dentro da estratégia de internacionalização da WEG. “Visamos ampliar a penetração comercial no mercado asiático, melhorar a logística operacional e comercial e gerar maior competitividade”, afirma o presidente executivo da empresa, Décio da Silva.

A empresa passará a se denominar WEG Nantong Electric Motor Manufacturing; com 20.300 metros quadrados de área construída, está localizada num terreno de 67 mil m², o que possibilita a ampliação da fábrica, no futuro, e conta com aproximadamente 350 funcionários. Seu faturamento para este ano está estimado em US$ 12 milhões; para 2005, a previsão é de US$ 15,7 milhões.

A fábrica, primeira da WEG no continente asiático, é dedicada a produção de motores elétricos trifásicos de baixa e alta tensão, destinados principalmente para os segmentos de acearia, mineração, petroquímica e fabricantes de bombas e compressores. A WEG já conta com fábricas na Argentina, México e Portugal.

A aquisição da fábrica na China vem sendo planejada há mais de um ano, e as expectativas em relação ao fechamento do negócio são muitas. “O próximo passo é adequar a fábrica à cultura empresarial da WEG através da organização dos contratos trabalhistas de todos os colaboradores”, afirma Sergio Schwartz, diretor superintendente da WEG para as regiões da Ásia, Oriente e Australásia.

De Jaraguá do Sul, quatro colaboradores farão parte da equipe chinesa, dois deles engenheiros fluentes no idioma chinês, que iniciaram na empresa como trainees contratados com esta finalidade, há um ano.

Empresa solidificada, local privilegiado

A WEG Nantong está localizada na Zona de Desenvolvimento Econômico da província de Jiangsu, a 250 Km de Shangai, uma das principais cidades da China. “Uma zona de desenvolvimento como esta pressupõe alguns incentivos às empresas como a redução/isenção de impostos, uma ótima vantagem competitiva”, afirma Sergio Schwartz.

A Nantong é uma empresa “jovem”, já que foi totalmente reestruturada em 2001 pelo governo chinês por conta de prepará-la para a privatização. “A China conta com aproximadamente 1,2 mil fábricas de motores elétricos; cerca de 70 empresas dominam 80% do mercado e a maioria é estatal.”

A empresa fica próxima aos maiores mercados consumidores na China, numa área com farta disponibilidade de mão de obra qualificada e já habituada à presença de capital estrangeiro.

“Nantong é praticamente um porto natural, já que está à beira do “Rio Amarelo”, com cerca de 8Km de largura nesta região. A cidade tem 700 mil habitantes e a província, com 100 mil Km², conta com 70 milhões de habitantes.

Autor(es): Marketing - WEG

facebook      twitter      google+

Empresas
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Empresas