A companhia do setor de petróleo e gás BP evacuou cerca de 80 funcionários e suas famílias e suspendeu os seus preparativos de perfuração onshore na Líbia, devido aos conflitos no país norte-africano, disse o porta-voz Robert Wine, nesta última quinta-feira, 24 de fevereiro.

A empresa também removeu cerca de duas dezenas de trabalhadores contratados na Líbia, de acordo com Wine. Um adicional de 100 membros do pessoal local, perto de Trípoli, foram contabilizados e estão em local seguro, afirmou o porta-voz.

A BP não possui operações de produção na Líbia, mas está nos estágios iniciais de exploração onshore e offshore. A petrolífera brasileira Petrobras também respondeu ao perigo potencial de evacuar quatro funcionários e três de seus familiares que estavam morando em Trípoli.

Empregados da Petrobras e seus dependentes estão agora na ilha de Malta, onde já estão sendo tomadas as medidas cabíveis para trazê-los de volta ao Brasil. A Petrobras também diz que está monitorando a situação de seus quase 15 funcionários líbios que permanecem no país.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Petróleo & Gás
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Petróleo & Gás