Engenharia de automação: carreira em expansãoNo mundo da engenharia, automação é o uso de sistemas de controle em conjunto com outras aplicações da tecnologia da informação (tecnologia da informática, por exemplo) para auxiliar e controlar máquinas e processos industriais, reduzindo assim a necessidade global de intervenção humana. Os melhores exemplos de engenharia de automação nas plantas industriais podem ser vistos em grandes fábricas, como fabricantes de têxteis, fabricantes de automóveis e outros diversos tipos de empresas de manufatura.

A automação realmente torna a vida mais fácil. Ao lidar com máquinas automatizadas e linhas de montanhas automatizadas, é possível reduzir a quantidade de tempo de produção de qualquer tipo de bem, tornando o processo de manufatura dos produtos mais eficientes, escalonados e padronizados. Com a automação industrial, comercial e residencial, a necessidade de intervenção humana é muito reduzida porque as máquinas ou aparelhos domésticos são capazes de operar em grande parte por conta própria.

Engenharia de automaçãoNo mundo coorporativo competitivo e acirrado, as empresas devem buscar a satisfação dos clientes com base na melhor qualidade de cada produto comercializado, não importa o volume da demanda. Então, é importante medir e melhorar a qualidade dos produtos e esse trabalho é feito pelo engenheiro de automação em uma indústria de manufatura. Os engenheiros de automação fornecem uma série de serviços para a indústria, que vão desde a construção e concepção dos sistemas de teste e vai até a montagem as linhas de automação para todas as aplicações. Os engenheiros dessa área integram os componentes de hardware e software ou sistemas para desenvolver um sistema integrado finalizado, que ajuda na efetivação das operações da indústria.

Os sistemas utilizados para a automação são precisos e rápidos o suficiente para testar os componentes que reduzem o tempo do ciclo de ensaio. Os engenheiros do setor de automação contam com experiência em todos os tipos de plataformas de programação, operação e sistemas de controle. Eles projetam o sistema de tal forma que os usuários finais não tenham dificuldades em usá-lo, pois são desenvolvidos com a ajuda de orientações, através de documentação. Os engenheiros de controle contribuem muito para a indústria de transformação com a finalidade de atingir meios de produção mais eficientes, através de controle de computador e da melhoria de qualidade.

Atualmente, o mercado está bastante aquecido para o setor de engenharia, em especial, para o de engenharia de controle e automação. No Brasil, existem muitas universidades oferecendo o curso de graduação em Engenharia de Controle e Automação. O curso dura, em média, cinco anos, e após a conclusão da graduação, o profissional pode optar por especializações na área. Como em todo curso de engenharia, matérias como física, matemática, lógica, programação e computação fazem parte da grade curricular. Portanto, é essencial que, quem deseja ingressar nesta carreira, tenha bastante familiaridade com estas disciplinas.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Carreira Industrial
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Carreira Industrial