A fábrica tcheca da Hyundai confirmou neste último dia 28 de fevereiro que deverá aumentar a capacidade de produção anual da fábrica de 200.000 para 300.000 carros, o que acarretaria na geração de cerca de 1.000 novos empregos.

O aumento da capacidade de produção exigirá também que a montadora inclua em seu planejamento um terceiro turno extra. “O lançamento do terceiro turno irá requerer cerca de 1.000 novos postos de trabalho, 650 para este ano e mais 350 para 2012. Nossa força de trabalho irá aumentar para 3.600 fucionários", disse Petr Vanek, porta-voz da Hyundai Motors da República Tcheca, unidade baseada em Nosovice, no nordeste do país. Os planos de elevar a produção também demandarão uma planta nova, que deverá custar 3,5 bilhões coroas (199 milhões dólares EUA).

A fábrica da Hyundai localizada na República Tcheca elevou a produção a um ritmo anual de 70%, ou seja, para 200.135 veículos no ano passado. Aproximadamente 97% dos carros eram exportados. Vanek afirmou que, em breve, a empresa movimentará a produção da Kia em Zilina Vengas e assumirá a produção do Hyundai ix35, um modelo popular de carro, da planta industrial da Eslováquia, em troca de ajudar a atender a forte demanda para os SUVs.

"A planta da Eslováquia não é capaz de produzir carros suficientes deste tipo, e os clientes na Europa têm de esperar muito tempo para obtê-los, então vamos começar a produzi-los no verão", disse Vanek. A fábrica em Nosovice, que custou mais de um trilhão de euros começou a produção em novembro de 2008.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Empresas
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Empresas