A Ford está realizando o recall de 34.100 caminhões nos Estados Unidos e no Canadá devido a dois defeitos que poderiam causar um incêndio, segundo informou a montadora em 02 de março. A Ford disse seus órgãos reguladores de segurança não têm conhecimento de quaisquer acidentes ou incêndios provocados pelos defeitos que afetam os modelos de seus caminhões populares 2010 e 2011.

O primeiro defeito afeta 25.000 modelos de Ford Rangers. Uma tampa de proteção na linha de combustível do motor desses veículos pode não ter sido instalado corretamente, o que colocaria a linha de combustível em contato com o escudo do corpo da borboleta.

"Este contato pode irritar a linha de combustível, resultando em um odor forte e um vazamento de combustível em potencial", disse a Ford em um anúncio às autoridades de segurança. O segundo defeito afeta 9.100 veículos da série F, juntamente com os modelos Edge e Lincoln MKX. Os veículos faziam parte de um recall anterior, mas foram inspecionados por um sistema de diagnóstico que não estava lendo o conjunto correto de caracteres.

Eles precisam ser reinspecionados para ver se eles têm o problema previamente identificado com um módulo de controle que tem o potencial para um curto-circuito interno elétrico. Todos os reparos serão feitos gratuitamente pela empresa.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Empresas
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Empresas