Google
Matérias, artigos e empresas relacionados a Manutenção e Suprimentos para a indústria
Esqueci minha senha

Usiminas assume 100% da Cosipa

Mais notícias relacionadas a empresas:

Golden apresenta lâmpadas com elevado fator de potência
Linha possibilita usar luz fluorescente em locais grandes com pé direito alto, oferecendo ótima iluminação.


Banco do Brasil facilita compra de equipamentos
BB Crédito Empresa serve para companhias que faturam até R$ 90 milhões anualmente


Honda Brasil investe em energia eólica
Novo parque de energia irá suprir toda a demanda da fábrica de Sumaré (SP) e ...


Usiminas assume 100% da CosipaA Usiminas vai desembolsar mais de R$ 300 milhões para fechar o capital da controlada Cia. Siderúrgica Paulista (Cosipa), que tem fábrica em Cubatão, na Baixada Santista. A siderúrgica mineira comunicou ontem a decisão de fazer oferta pública para comprar as ações dos minoritários, pagando R$ 1,20 por papel. O valor, pago à vista, será atualizado pela TR (taxa referencial) mais juros de 6% ao ano a partir da data de ontem. A expectativa é concluir a operação em janeiro de 2005.

O presidente da siderúrgica mineira, Rinaldo Campos Soares, não encontrou espaço na agenda para se pronunciar sobre a operação e seus possíveis desdobramentos para o grupo. O executivo passou todo o dia em reuniões na sede da Cosipa, em São Paulo, e retornou à sede da Usiminas, em Belo Horizonte, no fim da tarde. Mas não quis atender os pedidos de entrevista para comentar a operação, que era esperada pelo mercado há bastante tempo.

'É uma boa oferta', comentou ontem a analista de mercado Catarina Pedrosa, do Banif Investiment Bank. 'Meu preço justo para a Cosipa era R$ 1,05.' A analista recebeu com naturalidade a notícia do fechamento de capital e observou que não fazia sentido manter em bolsa uma fatia tão pequena do capital. 'Já devia ter feito isso (a oferta) antes', opinou.

Estão no mercado ações correspondentes a 6,3% do capital total da Cosipa, que somam 250,5 milhões. Desse montante, 52,34 milhões são ordinárias, equivalentes a 3,9% do capital votante, e 198,17 milhões de preferenciais, correspondente a 7,4% do capital preferencial. Das preferenciais, mais de 73 milhões pertencem ao Tesouro Nacional, que ficou com esses papéis desde a privatização em 2003. Agora, o governo federal vai receber cerca de R$ 90 milhões pela sua fatia.

De acordo com a nota da Usiminas, o valor de R$ 1,20 oferecido por ação é bem maior que a média de preço verificada entre 1º de novembro de 2003 e 31 de outubro de 2004. Em 73,9%, no caso das ordinárias. Nas preferenciais, 51,9%.

Representante de um grupo de acionistas minoritários, o mineiro Henrique Nunes acusou, em várias oportunidades, a Usiminas de prejudicar os minoritários da Cosipa. Ontem, no entanto, preferiu não comentar a oferta pública e não se pronunciar sobre o assunto.

Em boletim distribuído aos clientes, a BES Securities, do Banco Espírito Santo, comunicou, com base em contato com a siderúrgica mineira, que não existe no momento estudo concreto de fusão entre Usiminas e Cosipa, ainda que essa seja uma possibilidade no futuro. A fonte da informação, diz o boletim, é a própria siderúrgica. Os analistas da BES também viram com naturalidade a oferta pública e lembraram que a Usiminas, agora, tem dinheiro em caixa.

O sistema Usiminas, que reúne Usiminas e Cosipa, fechou o primeiro semestre com lucro líquido acumulado de R$ 887 milhões. A contribuição da Cosipa no resultado foi de R$ 194,6 milhões. A Usiminas vinha priorizando a redução do endividamento.

Com o anúncio da intenção de fechamento de capital, as ações da Cosipa disparam ontem na Bovespa. As preferenciais fecharam a R$ 1,14, com alta de 4,59%. As ordinárias também fecharam em R$ 1,14, aumento de 10,58%.

A Usiminas assumiu o controle da Cosipa em outubro de 2001, com aquisição de ações e conversão de debêntures em ações. A siderúrgica detém 92,89% do capital total da companhia paulista, que fabrica ações planos laminados e semi-acabados (placas) para exportação. A empresa tem um projeto de investimento de US$ 70 milhões para nova linha de lingotamento contínuo de placas.

Valor

facebook      twitter      google+

* campos obrigatórios

Outras notícias relacionadas a empresas:

O que é espionagem industrial

A espionagem industrial é uma tentativa de obter acesso a informações sobre planos da empresa, produtos, clientes ou segredos comerciais. Na maioria dos casos, tal conduta, especialmente quando se trata ...
Minério de ferro e ouro impulsionarão lucro da Vale

O avanço no preço do minério de ferro, que cresceu aproximadamente 23% até março, na comparação com o quarto trimestre de 2012, e o acordo ...
Kia Motors faz recall no Brasil

No dia 1º de maio, tem início o recall dos carros modelos Soul, Carens, Carnival e Sorrento (anos 2007 e 2008) e Sorento (2009 a 2011), da montadora Kia ...
Agrale apresenta caminhões na Agrishow 2013

A Agrale apresenta na Agrishow 2013 dois modelos da sua linha de caminhões, o Agrale 8700 e o 14000. A feira acontece entre os dias 29 de abril e ...
Klüber Lubrication investe na gestão do conhecimento

A subsidiária da América Latina da Klüber Lubrication, especializada em soluções com lubrificantes especiais, definiu a gestão do conhecimento como um dos principais pontos da ...
Fiat ultrapassa 5 milhões de carros flex feitos no Brasil

A Fiat ultrapassou nesta semana a marca de 5 milhões de automóveis e comerciais leves produzidos com a tecnologia Flex Fuel. Atualmente, 99% dos veículos produzidos para ...
Bener Presses lança máquina de corte laser por fibra ótica

Na Feimafe 2013, o Grupo Bener apresentará a máquina de corte laser por fibra óptica modelo BLS-F 3015/2000, da Baykal, fabricante turca representada exclusivamente desde 2011 no Brasil ...

Empresas
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Empresas


Veja na Agenda de Feiras e Congressos
Veja na Agenda de Feiras e Congressos

Google