Nesta tarde de sexta-feira, 11 de março, a companhia petrolífera Petrobras divulgou comunicado à imprensa, informando que suas operações no Japão não sofreram impactos negativos após o terremoto seguido de ondas gigantes, que atingiram a costa nordeste do Japão. Em comunicado, a empresa, que conta com aproximadamente 200 trabalhadores no Japão, também salientou que seus funcionários baseados em território japonês estão em local seguro.

Além de não haver registro de feridos entre os colaboradores da petrolífera brasileira, também não houve registro de prejuízos materiais às instalações da empresa no local. Até o presente momento, a refinaria Nansei Sekiyu (NSS), situada na ilha de Okinawa opera sem qualquer anormalidade. A Petrobras mantém 100% de participação, com capacidade de processamento de 100 mil barris de petróleo equivalente diários (boed).

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Petróleo & Gás
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Petróleo & Gás