Google
Matérias, artigos e empresas relacionados a Manutenção e Suprimentos para a indústria
Esqueci minha senha

TSA vai produzir tubos de aço no Espírito Santo

Mais notícias relacionadas a empresas:

Golden apresenta lâmpadas com elevado fator de potência
Linha possibilita usar luz fluorescente em locais grandes com pé direito alto, oferecendo ótima iluminação.


Banco do Brasil facilita compra de equipamentos
BB Crédito Empresa serve para companhias que faturam até R$ 90 milhões anualmente


Honda Brasil investe em energia eólica
Novo parque de energia irá suprir toda a demanda da fábrica de Sumaré (SP) e ...


Empresa dos grupos Arcelor e Mannesmannröhren, começa em 2005. A alemã Europipe e a Vallourec & Mannesmann Tubes começam a tirar do papel um projeto de investimento de € 49 milhões (R$ 177 milhões) para construção de uma fábrica de tubos de aço soldados de grande diâmetro. Instalada nos arredores de Vitória, a Tubos Soldados Atlântico (TSA) vai abastecer o mercado da América do Sul com uma produção anual de 90 mil toneladas de tubos e faturamento estimado em cerca de US$ 90 milhões por ano.

O mercado brasileiro para o produto é de aproximadamente 300 mil toneladas e cresce entre 3% e 4% ao ano, acima da média mundial de 1%, para um volume de 4 milhões de toneladas anuais, informou Eberhard Tidze, executivo da Europipe responsável pelo projeto. 'A TSA vai complementar a operação da V&M do Brasil (V&M Tubes) que produz tubos sem costura com até 14 polegadas de diâmetro', afirmou Paulo Alencar, executivo da V&M que vai dirigir a TSA.

Os tubos da TSA vão de 16 polegadas a 56 polegadas de diâmetro externo e destinam-se, entre outros, aos mercados de gás, óleo, água e saneamento e construção portuária, nesse caso com uso para estaqueamento ou retenção. Além dos tubos, a empresa vai produzir também todos os acessórios necessários para instalação, inclusive ramais, disse Alencar.

A Europipe será encarregada do repasse de tecnologia, desenvolvimento de produtos e treinamento do pessoal. A empresa, segundo Tidze, é a maior do mundo no segmento, com produção anual de 1 milhão de toneladas e receita em torno de € 1 bilhão. Atualmente, a Europipe mantém fábricas na Alemanha, França e Estados Unidos e exporta para a África, Ásia e demais países da Europa. Na operação brasileira será majoritária, com 60% do capital. A Vallourec & Mannesmann responderá pela área administrativa e de mercado e ficará com 20% do negócio. Os demais 20% estão divididos entre empresas nacionais, informou Alencar, sem revelar os nomes.

Empresas irmãs

É a primeira operação da Europipe na América do Sul. Um dos fatores importantes para o negócio foram os fortes investimentos da Companhia Siderúrgica Nacional (CST) na produção de bobinas laminadas a quente. Europipe e CST têm um sócio em comum, a européia Arcelor. A Europipe é uma joint venture entre o grupo alemão Salzgiter AG/Mannesmannröhren e a Dillinger Hütte, empresa que faz parte do grupo Arcelor. Já a V&M Tubes é uma associação entre a francesa Vallourec, com 55% do negócio, e a alemã Mannesmannrörhren-Werk, com os demais 45%. 'Trata-se de uma sinergia de operações', disse Alencar.

O executivo informou que a nova unidade deve iniciar a produção na segunda metade de 2005. A fábrica está instalada em área de cerca de 170 mil metros quadrados e vai produzir tubos com revestimento externo de polietileno e polipropileno e interno de epóxi. A previsão é de contratar 150 empregados. De acordo com Alencar, o nível de automatização da fábrica será alto e boa parte dos equipamentos já chegaram a Vitória; 25% deles são importados e o restante comprado no Brasil.

Segundo o futuro diretor da TSA, a empresa será beneficiada por incentivos fiscais do estado, mas a escolha do Espirito Santo deveu-se principalmente pela proximidade da CST e pela localização geográfica com fácil acesso para escoar as vendas tanto ao mercado interno quanto ao externo. Aproximadamente 85% da produção deve ser vendida no Brasil. Em uma primeira etapa das operações a produção deve ficar em 60 mil toneladas anuais de tubos, atingindo 90 mil toneladas com operação em três turnos.

Desde o início do ano a V&M do Brasil fez prospecções no País para análise do negócio. Mas a decisão final foi tomada entre junho e julho, disse Alencar. A expectativa, disseram os executivos, é de que a moderna tecnologia repassada ao Brasil possa render clientes também de outros nichos para a nova empresa, como os que atualmente utilizam tubo de fibra ou de cimento.

No Brasil desde 1952

A V&M do Brasil (ex-Mannesmann) está no País desde 1952, inicialmente para atender à demanda de tubo de aço sem costura da indústria petrolífera. Segundo a empresa, a V&M abastece cerca de 95% da demanda nacional desses tubos. O grupo, com sede em Minas Gerais, atua também na mineração, com a extração e o refino de cerca de 3 milhões de toneladas de minério de ferro por ano em Brumadinho. Também opera a V&M Florestal e mantém 141 mil hectares de florestas de eucalipto.

Atualmente, são vários os projetos em andamento no País que oferecem potencial para a TSA, entre eles, a transposição do Rio São Francisco e o Gasoduto Sudeste-Nordeste para levar o gás da Bacia de Campos, no Rio, ao Nordeste.

Infomet

facebook      twitter      google+

* campos obrigatórios

Outras notícias relacionadas a empresas:

O que é espionagem industrial

A espionagem industrial é uma tentativa de obter acesso a informações sobre planos da empresa, produtos, clientes ou segredos comerciais. Na maioria dos casos, tal conduta, especialmente quando se trata ...
Minério de ferro e ouro impulsionarão lucro da Vale

O avanço no preço do minério de ferro, que cresceu aproximadamente 23% até março, na comparação com o quarto trimestre de 2012, e o acordo ...
Kia Motors faz recall no Brasil

No dia 1º de maio, tem início o recall dos carros modelos Soul, Carens, Carnival e Sorrento (anos 2007 e 2008) e Sorento (2009 a 2011), da montadora Kia ...
Agrale apresenta caminhões na Agrishow 2013

A Agrale apresenta na Agrishow 2013 dois modelos da sua linha de caminhões, o Agrale 8700 e o 14000. A feira acontece entre os dias 29 de abril e ...
Klüber Lubrication investe na gestão do conhecimento

A subsidiária da América Latina da Klüber Lubrication, especializada em soluções com lubrificantes especiais, definiu a gestão do conhecimento como um dos principais pontos da ...
Fiat ultrapassa 5 milhões de carros flex feitos no Brasil

A Fiat ultrapassou nesta semana a marca de 5 milhões de automóveis e comerciais leves produzidos com a tecnologia Flex Fuel. Atualmente, 99% dos veículos produzidos para ...
Bener Presses lança máquina de corte laser por fibra ótica

Na Feimafe 2013, o Grupo Bener apresentará a máquina de corte laser por fibra óptica modelo BLS-F 3015/2000, da Baykal, fabricante turca representada exclusivamente desde 2011 no Brasil ...

Empresas
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Empresas


Veja na Agenda de Feiras e Congressos
Veja na Agenda de Feiras e Congressos

Google