Diferentes técnicas para forjar metalUm grande número de itens usados na vida diária exige o emprego de peças de metal, que são forjadas pelo fabricante. O forjamento tradicional do metal era um processo trabalhoso no qual a peça era criada com a mão para atender às necessidades do projeto. Atualmente, as modernas instalações metalúrgicas têm uma variedade de tipos de equipamentos para utilização no processo de forjamento, e contam com diferentes técnicas para forjar metal, sendo quatro os métodos mecanizados principais: estampagem, forjamento por prensa, forja por rolo e forjamento a frio.

O método de forjamento na indústria metal-mecânica envolve o aquecimento do metal a uma temperatura operacional, de modo que se possa trabalhar com ele diretamente sobre a bigorna, martelando-o com o uso de várias ferramentas até que ele adquira a forma desejada. Isso requer um alto grau de habilidade, técnica e força. A forja ainda é um procedimento usado para fabricar peças de arte, ferraduras e componentes de metal personalizados.

A estampagem é uma técnica para injetar metal em um molde, batendo-o com um martelo. Este foi o método utilizado durante séculos por ferreiros na produção de diversas peças de metal, com base no aquecimento do metal e de sua modelação feita por martelos e por moldes específicos. Os martelos pneumáticos são usados em instalações de produção para manter a linha de produção, movendo-se rapidamente. Algumas plantas industriais usam um conjunto de dois martelos que são acionados juntos, forçando o metal excedente para fora da matriz, enquanto modela o metal que está contido dentro do molde. O processo de estampagem é frequentemente empregado na produção de componentes e automóveis.

ForjamentoA forja com uso de prensa emprega a pressão para modelar o metal em uma matriz. Isso é possível ao se colocar um pedaço de metal aquecido em um molde fixo e depois, lentamente, uma parte móvel do molde comprime a parte que permanece fixa. O metal vai se deformando lentamente até que atinja a forma pretendida para uma determinada aplicação. O forjamento com prensa é comumente usado para a fabricação de ferramentas.

Já a forja com rolos é realizada pela compressão de um pedaço de metal entre dois rolos aquecidos. Os rolos têm um cunho embutido neles, e tal como comprimem o metal, eles vão forçando a estar em conformidade com a matriz. O rolo de forjar é uma técnica popular de forja, porque pode ser contínuo com o uso de rolos múltiplos e moldes.

Forjamento a frio é usado para a produção de objetos menores, como parafusos e fios de metal. No processo de forjamento a frio, o metal frio é extrusado através de uma matriz para formar um molde particular, como um parafuso de rosca. Se for necessário produzir a cabeça do parafuso, outra parte da máquina pode ser usada para criá-la. O método de forjamento a frio pode ser feito de forma barata e em grande escala industrial, sendo considerado o método preferido para a produção de elementos de fixação, como parafusos e pregos.

Forjamento é um método vantajoso, primeiro porque melhora a resistência do metal, alinhando o grão ao longo das linhas de tensão em potencial. A segunda é que o forjamento é altamente econômico: nenhuma parte do metal é desperdiçada durante o processo, e as escórias não utilizadas podem ser refundidas para uso em outras peças.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Metal Mecânica
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Metal Mecânica