Gerenciamento de dispositivos móveisGerenciamento de dispositivos móveis é um termo geral de tecnologia que tem a ver com as ferramentas utilizadas para manipular a distribuição de dados, aplicativos e configurações em vários tipos de dispositivos móveis. Um bom exemplo seriam as ferramentas que fazem a funcionalidade dos telemóveis ou dispositivos mobile. O objetivo final do gerenciamento de dispositivos móveis é fazer uso dessas ferramentas de forma a proporcionar um elevado nível de eficiência de funcionamento do dispositivo, fazendo isso com um mínimo de gastos e de manutenção necessária.

Os dispositivos de comunicação móveis funcionam com uma combinação de componentes locais e remotos, que devem ser configurados para interagir, isso se o dispositivo estiver funcionando corretamente. Como um conjunto básico de componentes, o processo de gerenciamento de dispositivos móveis incluirá a supervisão de algum tipo de componente do servidor e um componente cliente.

O servidor é responsável por receber e transmitir os comandos para o gerenciamento de dispositivo real. No extremo oposto, o componente cliente recebe os comandos, transmite os dados para os programas apropriados em execução a fim de executar uma ordem para obedecer aos comandos.

Dispositivos móveisAo longo do tempo, o processo de gestão de dispositivos móveis tornou-se mais preciso e eficiente. Ao mesmo tempo, o processo de configuração tinha que ocorrer em um ambiente de rede, com um link direto com fios entre o servidor e o cliente, algo necessário para fazer alterações permanentes ou atualizações.

Os avanços contínuos em comunicações sem fio já possibilitaram a transmissão de comandos via sinalização wireless e viabilizaram alcançar os mesmos resultados. Junto com a simplificação do processo, o sistema de gerenciamento de dispositivos móveis de hoje também é capaz de suprir grandes demandas, o que não ocorria no passado.

Junto com a configuração remota e o provisionamento de novas aplicações, o sistema de gestão de dispositivos móveis também pode ser usado para backup de arquivos e aplicações para um local remoto, além de recuperar essas cópias, no caso de dados que precisarem ser restaurados no dispositivo móvel, e até mesmo gerenciar a instalação remota de software para atualização de aplicações já existentes no dispositivo. O diagnóstico remoto também é possível dentro dos perímetros de gerenciamento de dispositivos móveis, o que significa que muitas das questões operacionais que costumavam exigir o envio do dispositivo móvel para um centro de serviço agora podem ser diagnosticadas e reparadas em um ambiente remoto.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Tecnologia & Inovação
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Tecnologia & Inovação