A Real holandesa Shell anunciou nesta terça-feira, 29 de março, que concordou em vender a refinaria de petróleo da Grã-Bretanha ao segundo maior grupo indiano do setor de energia, petróleo e gás, a Essar. "Hoje, a Shell anunciou a assinatura de contrato para venda de sua refinaria Stanlow, que produz 270 mil barris de óleo por dia no Reino Unido, além de algumas empresas no mercado local para a Essar por um total de 1,3 bilhão de dólares", informou a empresa.

Stanlow, que fica perto de Ellesmere Port, Cheshire, no noroeste da Inglaterra, produz cerca de um sexto da gasolina consumida no país e emprega 960 pessoas. "A decisão de vender a unidade de Stanlow faz parte dos planos de concentrar a nossa carteira global de fabricação de bens de grandes dimensões", acrescentou o diretor da Shell, Mark Williams.

Sobre o Grupo Essar

A Essar foi fundada em 1969 na Índia, pelos irmãos Shashi Ruia e Ravi Ruia. No século 21, o Grupo tem como foco a consolidação e o crescimento de suas empresas. As origens da família Ruia estão em Rajasthan. No século 19, a família mudou-se para Mumbai e montou seu próprio negócio. Em 1956, Nandkishore Ruia, pai do deputado Shashi Ruia e de Ravi Ruia, mudou-se para Chennai, capital do sul do estado indiano de Tamil Nadu, para iniciar as atividades de negócio independente. Quando o Sr. Nandkishore Ruia faleceu em 1969, os irmãos lançaram passaram a administrar os negócios.

Na década de 1990, a Essar começou a atuar no setor siderúrgico através da criação de uma usina de ferro na Índia, em Hazira, uma cidade costeira no estado ocidental indiano de Gujarat. O Grupo passou a construir uma usina de pelotização em Visakhapatnam, e eventualmente uma usina siderúrgica integrada plenamente no Hazira.

Na década de 1990, com a progressiva liberalização da economia indiana, a Essar aproveitou todas as oportunidades e diversificou sua frota de transporte, passou a atuar no setor de petróleo (exploração e produção), fortaleceu os alicerces da sua refinaria de petróleo em Vadinar, Gujarat, e montou uma usina perto do complexo siderúrgico em Hazira. O setor da construção civil ajudou o grupo construir a maioria de seus ativos de negócios. A Essar também entrou no negócio de telefonia GSM, estabelecendo o serviço na Índia.  O século 21 para o Grupo Essar tem tudo a ver com a consolidação e o crescimento das empresas, com fusões e aquisições, novos fluxos de receita e expansão geográfica estratégica.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Petróleo & Gás
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Petróleo & Gás