A fabricante de chips de computador Texas Instrumentos afirmou nesta última segunda-feira, 04 de abril, que irá comprar o seu concorrente, a Nacional Semicondutores, por US $ 6,5 bilhões em uma transação em dinheiro. Juntas, as empresas somam US $ 42 bilhões produzindo semicondutores analógicos, os principais componentes em muitos produtos eletrônicos.

A Texas vai pagar aos acionistas da Nacional cerca de US $ 25 por ação, um ágio de 77%, considerando que ontem, cada ação estava valendo 14,07 dólares. A Nacional terá sua divisão de semicondutores analógicos absorvida pela Texas, mas manterá a sua sede em Santa Clara, Califórnia, Estados Unidos.

"Esta aquisição resultará em maior força e crescimento para a companhia", disse o chefe da Texas, o executivo Rich Templeton. Templeton disse que a combinação da linha nacional de produtos com a força de vendas da Texas vai aumentar a rentabilidade da empresa e os ganhos por ação, depois que o negócio for contabilizado.

"A equipe de vendas combinada entre as duas empresas será 10 vezes maior do que é hoje, e a carteira será exposta para mais clientes em mais mercados", disse Templeton, após esclarecer que o mercado de semicondutores analógicos será responsável por cerca de metade das receitas totais da Texas.

A Texas Instrumentos é a líder no mercado de semicondutores analógicos americano, com receita de US $ 6 bilhões em 2010, enquanto a Nacional registrou lucro de US $ 1,6 bilhão no mesmo período, concorrendo no mesmo mercado industrial.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Empresas
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Empresas