Toyota afirmou nesta última segunda-feira, 05 de abril, que a paralisação de parte da produção em suas fábricas de automóveis dos Estados Unidos seria necessária após o terremoto no Japão e o tsunami, que afetaram o fornecimento de peças. Mike Goss, um dos porta-vozes da Toyota dos EUA, disse que alguns desligamentos foram "inevitáveis", mas não necessariamente afetam todas as plantas industriais.

A empresa também disse que continua a avaliar a situação da sua base de fornecimento no Japão, na sequência da catástrofe de 11 de março, que deixou a indústria do país com sérios problemas de abastecimento de energia.

"Já comunicamos aos membros da equipe, colaboradores e concessionários aqui que algumas interrupções de produção na América do Norte são prováveis. É muito cedo para prever a localização ou duração", disse a empresa.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Empresas
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Empresas