A companhia de petróleo Eni informou que irá começar a produção de gás natural com a parceira Repsol no campo Perla, a maior descoberta de gás na Venezuela, em 2013. O campo Perla, localizado no bloco IV Cardon em águas rasas do Golfo da Venezuela, "contém quantidades significativas de reservas de gás", disse a Eni em comunicado divulgado hoje, 08 de abril. No dia 24 de fevereiro, a companhia do setor de petróleo e gás italiana Eni informou que o campo possui 16 trilhões de pés cúbicos de reservas de gás natural.

A italiana Eni e a companhia de petróleo espanhola Repsol, duas das maiores empresas de petróleo do mundo, mantêm respectivamente, 50 por cento de participação no bloco onde o campo está localizado. A petrolífera estatal Petroleos de Venezuela SA tem a opção de participar com 35% dos ativos quando começarem as operações comerciais.

A Venezuela enfrenta déficits de gás natural e está trabalhando para impulsionar a produção doméstica destinada ao consumo residencial e comercial. O país importa atualmente cerca de 200 milhões de metros cúbicos de gás por dia da Colômbia, e foi atingido por cortes de energia quando os embarques através de um gasoduto foram interrompidos no mês passado.

A PDVSA, como é conhecida a companhia petrolífera com sede em Caracas, utiliza o gás natural para manter a produção de petróleo em campos maduros. A empresa também está desenvolvendo a capacidade de exportação de gás natural liquefeito com os parceiros internacionais.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Petróleo & Gás
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Petróleo & Gás