Statoil inicia atividades no Campo de PeregrinoNa semana passada, a Statoil iniciou a produção de petróleo no campo de Peregrino, localizado na costa brasileira. A produção irá gradualmente aumentar a um patamar de 100.000 barris de óleo equivalente por dia. Este fato faz da Statoil uma importante operadora do setor de petrolífero em longo prazo e um atraente parceiro para a indústria do gás no Brasil.

"Estamos orgulhosos de anunciar o início das operações, de forma segura e eficiente, da Statoil, uma das maiores operadoras internacionais até à data. A equipe responsável pelo projeto e os nossos parceiros têm feito um excelente trabalho na entrega de um projeto complexo, de acordo com o planejamento e que seja de baixo custo. Com o campo de Peregrino em pleno funcionamento a Statoil será a segunda maior operadora do Brasil, o que nos oferece uma excelente oportunidade para o crescimento futuro do país. O campo de Peregrino é um ativo legado e irá contribuir significativamente para a Statoil e para a produção de petróleo no Brasil por muitos anos vindouros", disse Helge Lund, presidente e CEO da Statoil.

O campo offshore de Peregrino está localizado 85 km da costa, na Bacia de Campos, em cerca de 100 metros de lâmina d'água e sob as licenças BMC-7 e BMC-47. A primeira fase do projeto de desenvolvimento inclui o uso de plataformas de perfuração e de cabeça de poço e uma grande unidade flutuante de produção, armazenamento e descarregamento (FPSO). Um total de 37 poços será desenvolvido, todos eles usando a avançada tecnologia de poços horizontais para maximizar a recuperação de óleo.

O campo contém 300-600 milhões de barris recuperáveis de óleo equivalente, com um potencial significativo ainda a ser explorado. Além disso, um poço de exploração está sendo perfurado em Peregrino do Sul. Após a conclusão deste poço, um poço adicional também será perfurado na região. O gerente da Statoil no Brasil, Kjetil Hove, diz que o início da produção em Peregrino é um marco importante para a empresa.

"O desenvolvimento e o processo de start-up são o resultado dos esforços de colegas muito competentes, bem como de uma incansável e excelente cooperação com os parceiros e autoridades. Agora estamos na expectativa de continuar trabalhando com nossos parceiros brasileiros com o objetivo de executar operações mais seguras e confiáveis, destravando o potencial de recursos da área de Peregrino", disse Hove.

O campo foi descoberto em 1994. Desde então, a Statoil adquiriu uma participação de 50% na primeira descoberta de hidrocarbonetos em 2005, e os restantes 50% foram adquiridos em 2008. O plano de desenvolvimento Peregrino foi aprovado pelas autoridades brasileiras em 2007.

Em maio de 2010 a Statoil vendeu 40% de participação do campo de Peregrino para o Grupo chinês Sinochem. Agora, a Statoil detém participação de 60% e a operadora Sinochem mantém os restantes 40%. O fechamento da operação está pendente, aguardando as aprovações governamentais.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Petróleo & Gás
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Petróleo & Gás