Presidente da Chevron critica aumento de impostos sobre petróleo e gásO presidente da companhia americana do setor de petróleo e gás Chevron, John Watson, criticou o governo da Grã-Bretanha pelo aumento de impostos sobre a produção de petróleo e gás, dizendo que a decisão poderia ter "consequências não intencionais".

"Quando você aumenta impostos todos os anos, especialmente sem consulta à indústria, haverá consequências não intencionais sobre onde e em que nós escolhemos investir", afirmou o presidente e executivo-chefe John Watson em uma entrevista ao Financial Times.

O governo da Grã-Bretanha, no mês passado, anunciou uma inesperada majoração de impostos de 20% para 32% sobre a produção de petróleo e gás no Mar do Norte.
O governo defendeu a sua decisão, dizendo que espera que os preços do petróleo possam ajudar as perspectivas de investimento. Watson disse que a medida foi "muito decepcionante" e provocou "um dos climas mais instáveis de investimento para o negócio".

"Minha maior preocupação não é apenas o nível de impostos, é a estabilidade e a previsibilidade do imposto", finalizou Watson.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Petróleo & Gás
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Petróleo & Gás