Fadiga por corrosão: Como evitarA fadiga por corrosão é um maiores problemas causadores de falhas em equipamentos, e que exigem mais atenção por parte das equipes de manutenção nas empresas. A fadiga por corrosão é um fenômeno que ocorre quando os materiais metálicos são desgastados ao longo do tempo devido a uma série de experiências que submetem esses metais à tensão e ao estresse, como o resultado da exposição a um ambiente corrosivo. Na maioria das vezes associados aos metais, esse tipo de dano começa a acelerar-se quando a camada protetora sobre os materiais é danificada de algum modo. Assim, a exposição a vários elementos dá início ao desgaste da composição do metal. A fadiga por corrosão pode ocorrer com vários tipos diferentes de produtos de metal, que vão desde equipamentos pesados até os painéis de metal utilizados na construção civil e na indústria naval.

Uma das principais causas da fadiga decorrente de corrosão é o estresse de repetição alternado ou cíclico que incide em razão de mudanças na temperatura e na umidade do ambiente onde o equipamento está em uso. Com o tempo, as mudanças podem começar a enfraquecer a camada protetora no metal. Por sua vez, isso torna mais fácil a ocorrência de fissuras e rachaduras na superfície do metal, levando-o à fadiga aumentada.

Como a exposição alternada ou o estresse cíclico continuam, as fissuras aumentam em número e tamanho, eventualmente criando uma rede de corrosão ao longo da superfície do metal. Se não for controlada, a degradação se expande e, eventualmente, torna o objeto de metal inadequado para a sua utilização com total desempenho e confiabilidade.

CorrosãoO processo de fadiga por corrosão pode ser facilmente perceptível nas primeiras fases. Normalmente, a pequenas fissuras no revestimento de proteção são difíceis de detectar no início, e não pode ser totalmente visível até que o processo de corrosão esteja bem encaminhado. Dependendo do tipo de metal envolvido, pode ser possível purificar o material e reparar o revestimento protetor. Esse tipo de ação pode retardar a progressão da fadiga, permitindo estender a vida útil do metal.

Como nenhum metal é capaz de suportar a exposição constante e à alternância aos fatores ambientais, o tipo de revestimento protetor aplicado ao material é extremamente importante a fim de diminuir a taxa de fadiga de corrosão. Nas últimas décadas, vários tipos de resinas e produtos inibidores de corrosão são usados às vezes em diferentes objetos e peças metálicas, o que faz com que eles permaneçam mais duráveis, fortes e estáveis por longos períodos de tempo. Muitos tipos de tintas anticorrosão foram desenvolvidos ao longo dos últimos anos para uso em metais; essas tintas contêm propriedades protetoras que ajudam a reduzir o dano decorrente da exposição a vários tipos de estresse.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Manutenção
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Manutenção