Nesta última terça-feira, 26 de abril, a Petrobras deu o pontapé inicial no Teste de Longa Duração (TLD) no FPSO BW Cidade de São Vicente, unidade de exploração petrolífera que está ancorada a 2.120 metros de profundidade na área nordeste do Campo de Lula, no antigo bloco exploratório BM-S-11, a 300 km da costa carioca, na região pré-sal da Bacia de Santos. Estima-se que o este FPSO deverá produzir aproximadamente 14 mil barris de petróleo diários.

Todos os dados coletados a partir do Teste de Longa Duração de Lula Nordeste serão utilizados e analisados em estudos posteriores, visando ao desenvolvimento do projeto envolvendo o segundo sistema definitivo de produção, denominado Piloto de Lula Nordeste, que deverá ser instalado no campo de Lula por intermédio do FPSO Cidade de Paraty.

O projeto TLD de Lula Nordeste faz parte do consórcio constituído pela Petrobras, operadora principal com 65% de participação, seguida pela BG, mantenedora de 25% de participação. A companhia do setor de petróleo e energia portuguesa Galp Energia fica com os 10% restantes.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Petróleo & Gás
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Petróleo & Gás