Google
Matérias, artigos e empresas relacionados a Manutenção e Suprimentos para a indústria
Esqueci minha senha

Gestão de estoques reduz custos

Mais notícias relacionadas a automação industrial:

Manuseio automatizado de materiais
Exemplos incluem esteiras de transporte e robôs na linha de montagem.


Rede ágil em automação
Um componente importante de uma rede ágil é o elemento de automação. Todo o software ...


Novos transmissores da Honeywell melhoram eficiência da produção
SmartLine tem como objetivo promover a diminuição do custo total em cada ponto do ciclo ...


Gestão de estoques reduz custosA automação na gestão de estoques é uma operação vital para que indústrias, varejo, centros de distribuição e atacadistas consigam efetivamente atingir resultados positivos, tornando-se cada vez mais competitivos no mercado nacional e mundial. Presente no dia-a-dia das empresas, a gestão de estoques suscita importantes ganhos: eficiência, redução de falhas e custos, rapidez, confiabilidade e capacidade de rastreabilidade.

Além do uso de equipamentos e softwares (impressoras de barras, scanners, computadores e programas de controle), a gestão de estoques, em função do volume de dados e complexidade dos processos em face do modelo adotado, envolve uma série de procedimentos, em especial pelos estabelecimentos que operam no varejo, pois afeta dois aspectos cruciais do negócio: a disponibilidade do produto e o custo, que têm impacto direto no resultado ou rentabilidade.

O grande desafio é encontrar o equilíbrio entre essas variáveis: se o comerciante tenta assegurar a disponibilidade aumentando o estoque, produz impacto diretamente no custo relacionado à sua manutenção, como capital de giro e armazenamento. Por outro lado, se, para cortar os custos, os estoques são demasiadamente reduzidos, corre-se com isso o grande risco de não atender-se ao cliente. Riscos? Sim. Mas é imprescindível perceber os benefícios reais que todo este processo oferece para o mercado e para o consumidor.

A gestão de estoques pode ser subdividida em dois grupos de atividades: operacionais e estratégicas. No primeiro, a busca é pela eficiência dos controles relativos à movimentação de produtos: captura e registro de todas as movimentações físicas, recebimento, conferência, armazenagem, movimentação interna, expedição e passagem pelo ponto-de-venda. Para isto, é importante o código de barras associado à identificação padronizada, como é definido no Sistema EAN.UCC, que permite a automação do processo de captura das informações e torna viável o controle requerido nas grandes quantidades de itens normalmente movimentadas.

Para o relacionamento com os parceiros comerciais e os fornecedores, há a necessidade de comunicar as informações: pedido de compra, espelho de notas fiscais, aviso de entrega, e, neste caso, o uso de mensagens padronizadas EANCOM, utilizando o EDI (Electronic Data Interchange ou Intercâmbio Eletrônico de Dados), torna o processo muito mais fácil e eficiente. Com o bom controle operacional, consegue-se redução de custos e tempos de movimentação, bem como toda informação sobre a sua disponibilidade.

No item estratégico, os objetivos são os modelos de reposição baseados em informações mais avançadas, que visam compartilhar dados de vendas e estoques, para que a ação de reposição seja mais eficiente e ágil. A busca é por modelos de reposição baseados no compartilhamento de informações mais avançadas. Existem, para tanto, modelos tais como o VMI (Vendor Managed Inventory ou Estoque Gerenciado pelo Fornecedor) ou CPFR (Collaborative Planning Forecast and Replenishment), que visam, no primeiro caso, a compartilhar dados de vendas e estoque para que a ação da reposição seja mais eficiente e ágil e, no segundo, o plano de negócios, para que haja um gerenciamento das promoções e sazonalidades. É o gerenciamento da demanda na cadeia otimizando o estoque de todos os elos envolvidos.

A automação, sem dúvida, é uma ferramenta preciosa e necessária. Ela nos possibilita ter confiança total nas informações sobre os produtos já no ato do recebimento, entre "n" benefícios diretos advindos do bom controle de estoque. Dizer que a automação é um salto para a eficiência de forma alguma é um exagero. A cada dia, mais empresas e indústrias comprovaram seus benefícios: satisfação do cliente pela melhor disponibilidade de produtos; maior receita; produtos de melhor qualidade (mais frescos e apresentáveis); redução nas perdas por obsolescência ou produtos impróprios para consumo; otimização da mão-de-obra, com a automação que propicia menores taxas de erros nos processos de registro e controle das informações, bem como o melhor aproveitamento das áreas físicas.

<b>Roberto Matsubayashi</b> é gerente de solução de negócios EAN BRASIL - Associação Brasileira de Automação.

Roberto Matsubayashi

facebook      twitter      google+

* campos obrigatórios

Outras notícias relacionadas a automação industrial:

SKF lança rolamentos lineares de esferas recirculantes

A SKF traz para o mercado brasileiro os novos modelos rolamentos lineares de esferas recirculantes. Essa linha oferece muitas vantagens e já é considerada uma referência entre os usuários ...
Brazil Automation 2012 acontece em SP de 6 a 8 de novembro

O ExpoCenter Norte, em São Paulo, recebe em novembro a 16ª edição do maior evento de Instrumentação, Sistema e Automação das Américas e um dos ...
Diferenças entre manufatura enxuta e manufatura ágil

Existem muitas diferenças entre manufatura enxuta e ágil, incluindo estilo de produção, níveis de estoque e habilidades de personalização. A técnica de fabricação enxuta ...
Prós e contras da manufatura ágil

A fabricação ágil é uma estratégia de produção de negócios que utiliza peças modulares e automação, ao invés de um modelo de linha de ...
O que é simulação robótica

Simulação robótica é um método e um meio para testar o desempenho de componentes robóticos sem incorporá-los fisicamente em um robô. Normalmente realizado usando um tipo ...
Sistema flexível de fabricação

Um sistema flexível de fabricação (SFF) é um tipo de processo industrial que permite que o equipamento seja utilizado para mais do que uma função, embora possam estar ...
Tipos de sistemas de linha de montagem

Embora existam muitos tipos de sistemas de linha de montagem, algumas variações comuns incluem os modelos clássicos, automatizados, intermitentes e de manufatura enxuta. Estes sistemas de linha de ...

Automação Industrial
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Automação Industrial


Veja na Agenda de Feiras e Congressos
Veja na Agenda de Feiras e Congressos

Google