A maior fabricante mundial de automóveis de luxo do mundo, a BMW, confirmou nesta segunda-feira, 09 de maio, que investirá quase o dobro do valor programado, cerca de um bilhão de euros (U $ 1.440 milhões dólares), em parceria com a Brilliance Automotive Holdings no desenvolvimento da planta chinesa da empresa.

"Vamos aumentar o investimento anunciado anteriormente de 560 milhões de euros em nossas instalações chinesas em Shenyang para cerca de um bilhão de euros", disse o presidente da BMW, Norbert Reithofer. Ele citou a crescente popularidade dos automóveis do grupo BMW no mercado chinês, o maior do mundo automobilístico atualmente, sendo este um dos principais motivos para a decisão.

"O investimento adicional, que será compartilhado entre os dois parceiros, será usado para construir uma prensa, uma oficina de pintura e expandir a infra-estrutura na nova unidade em Tiexi, na região de Shenyang, em preparação para as capacidades de produção mais elevadas no futuro”, de acordo com o comunicado.

A BMW está construindo sua segunda fábrica na China e tem planos de produzir o pequeno utilitário esportivo X1 no próximo ano. As duas fábricas teriam uma capacidade de produção total de mais de 300.000 veículos por ano, segundo a BMW.

Atualmente, a planta de montagem industrial produz os veículos de Série 3 e Série 5. Nos primeiros quatro meses de 2011, o grupo BMW, que inclui as marcas Mini e Rolls-Royce, vendeu 79.306 veículos na China, apresentando um ganho anualizado de 70,1%.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Empresas
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Empresas