Tecnologia RFID protege a cadeia de fornecimento nos EUAUm recente estudo sinaliza que o roubo de carga continua sendo um problema crescente nos Estados Unidos, afetando o fornecimento de uma vasta gama de produtos na cadeia de abastecimento, mas que a tecnologia RFID (Radio-Frequency IDentification, ou, Identificação por rádio-frequência) pode ser uma solução forte e eficaz no comabte ao roubo de cargas em estradas e rodovias.

De acordo com o Relatório Anual de roubo de carga de 2010 da FreightWatch, empresa líder em soluções de logística de segurança americana, o roubo de carga em toda a indústria dos Estados Unidos aumentou 4,1%, em 2010, com uma média de 75 incidentes de roubo de carga por mês, um novo recorde.

A indústria de alimentos e bebidas foi a que apresentou a maior dificuldade em contabilizar os prejuízos, batendo quase 21% da atividade total do roubo de cargas, com um valor de perda média de 125 mil dólares por incidente. O setor de eletrônicos representou 19% do total de roubo de carga, com uma perda média por incidente de 512 mil dólares.

A indústria farmacêutica não é atingida com grande frequência, mas paga por custos muito mais representativos. Segundo o relatório, o saque de cargas de produtos farmacêuticos compõe apenas 5% do total de roubo de carga em volume, com média de 3,78 milhão de dólares por roubo, tornando-se assim um dos alvos mais lucrativos entre os ladrões de carga.

Para dissipar as preocupações sobre o aumento de incidentes de roubo, as empresas estão assumindo um papel pró-ativa a fim de proteger seus produtos e toda a cadeia de abastecimento e logística. A Pfizer, por exemplo, começou a embalar o medicamento Viagra com as etiquetas RFID, que permite combater não somente o roubo, mas também a falsificação de produtos.

Identificação por rádio-frequênciaA EarthSearch Communications, entretanto, começou a desenvolver um produto baseado em comunicação sem fio entre um GPS e RFID para rastrear as remessas de cargas através de seu sistema LogiBoxx.

A tecnologia permite que os carregadores possam rastrear a localização de sua carga em qualquer ponto de toda a cadeia de supply chain. O RFID está programado para alertar o sistema a cerca de eventuais anomalias.

Tecnologia RFID

A tecnologia de Identificação por rádio-frequência (RFID) utiliza a comunicação através do uso de ondas de rádio para a troca de dados entre um leitor e uma etiqueta eletrônica acoplada a um objeto, para fins de identificação e rastreamento. Algumas etiquetas de RFID podem ser lidas a vários metros de distância, e além da linha de visão do leitor. A aplicação da leitura de massa permite uma leitura de marcas quase que simultaneamente.

O processo de identificação por frequência de rádio envolve a parte de hardware conhecida como interrogadores (também conhecidos como leitores) e tags (também conhecidas como etiquetas), que é um transpondedor.

A maioria das etiquetas RFID contém pelo menos duas partes: uma é um circuito integrado para armazenar e processar informações e ondas de modulação e demodulação de rádio-frequência (RF), a outra parte é uma antena para receber e transmitir o sinal de rádio.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Armazenagem & Logística
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Armazenagem & Logística