Tratamento térmico incrementa a força do metalO aquecimento controlado e sistemático e o resfriamento dos metais são etapas de um processo chamado de tratamento térmico. Estas exposições a temperaturas extremas e variáveis ajudam a mudar as características físicas e mecânicas dos metais, tais como ouro, platina, prata, cobre, bronze, titânio e outros. Alguns processos de fabricação de peças de metal, como soldagem e conformação, incluem o tratamento térmico para o acabamento da peça, com o objetivo de aquecer ou resfriar o metal em graus mais elevados, inadvertidamente, como um passo fundamental em todo o processo. Os métodos de tratamento térmico são realizados seguindo-se uma série de etapas importantes, que levam em consideração a micro-estrutura dos metais.

Os metais constituem de micro-estruturas, assim como os grãos de cristais, conhecidas como grânulos, acondicionados em conjunto para formar uma unidade micro-estrutural. Esses cristais podem variar em massa e tamanho, e a natureza desses cristais determina as propriedades mecânicas de um metal. O tipo de tratamento térmico aplicado ao metal pode alterar as propriedades gerais destes cristais. Sendo assim, os tratamentos térmicos mais comuns na indústria metal mecânica também podem manipular as propriedades mecânicas dos metais de modo geral.

As ligas são usadas frequentemente por suas propriedades mecânicas, usando complexos procedimentos de tratamentos térmicos metalúrgicos que ampliam ainda mais estas propriedades das ligas metálicas. Uma superliga de metal, que é bastante utilizada na indústria aeroespacial, às vezes é submetida a cinco ou mais tipos de tratamentos de calor diferentes para se obter os resultados desejados.

Tratamento térmico do metalO tratamento térmico dos metais, desse modo, aumenta a eficiência mecânica deles, melhora o processo de conformabilidade do metal e recupera a sua propriedade dúctil, que muitas vezes é prejudicada devido ao trabalho em ambientes muito frios. Mas este processo pode ter vários outros usos em processos de fabricação também.

Além de todos os outros metais, a produção de materiais de aço requer que este elemento receba um tratamento térmico a mais. O aço responde muito facilmente ao calor e, portanto, pode-se recorrer a estes procedimentos para obter resultados adequados. No mercado comercial e industrial, o aço é sempre o metal mais procurado e nenhum material pode igualar-se à demanda do aço. Então, podemos deduzir que este tratamento ou processo é um aspecto muito importante do mundo industrial e comercial de hoje. Isso ajuda na melhoria da eficiência mecânica do aço, seja pelo método de amaciamento, pela técnica de endurecimento ou pó modificação do material.

Amaciamento: Este processo de tratamento térmico de amaciamento é particularmente feito com a finalidade de aumentar a elasticidade do aço. Este procedimento ajuda o aço a recuperar a sua ductilidade e remove as tensões residuais. Curiosamente, o amaciamento também pode ser usado para alterar as características eletromagnéticas do aço e também purifica o tamanho do grão do aço.

Tratamento térmico de endurecimento: Literalmente, é o oposto do amaciamento (ou amolecimento) e seu objetivo é aumentar a dureza do aço, tornando-o menos flexível no processo.

Modificação de material: Esse processo é aplicado para manipular as propriedades do aço, além do tratamento térmico de amaciamento. Mas a sua utilidade não se limita ao processo de fabrico; ele também é usado para desenvolver a eficiência do produto à base de metal, aumentando a força do produto de metal e tornando-o mais durável.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Metal Mecânica
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Metal Mecânica