Emissões de metano no meio ambienteAs emissões de metano referem-se às porções de gás metano que são lançados na atmosfera, considerando que este gás é o principal componente do gás natural. É útil de muitas maneiras, especialmente na indústria, mas também pode ser prejudicial ao meio ambiente. Por esta razão, as emissões de metano no meio ambiente são uma grande preocupação para muitos governos no mundo todo, atualmente.

O metano pode ser transportado para a estratosfera na medida em que o ar sobe para as camadas mais elevadas da atmosfera. Uma vez na atmosfera, o metano é geralmente considerado como um potente gás de efeito estufa. Ele tem essa fama porque é capaz de interceptar quantidades substanciais de calor, resultando no aquecimento global.

Existem muitas fontes naturais que produzem o gás metano, incluindo os oceanos, os animais e até mesmo o homem, além da crosta terrestre que contém grandes quantidades desse gás. Como o metano ocorre naturalmente, uma determinada quantidade de emissões de metano é natural e bem esperada. Acredita-se que o ambiente natural tem um sistema que possa lidar razoavelmente bem com esses lançamentos naturais e involuntários.

Emissões de metanoEmbora o metano exista em todo o mundo, o montante que é liberado na atmosfera varia de lugar para lugar. Especialistas alertam que isto ocorre devido a uma variedade de fatores, tais como temperatura e umidade. Existem medidas para reduzir as emissões de metano ao ambiente. Muitos esforços são feitos nesse sentido para transferir o gás comercialmente aos consumidores, que poderiam usá-lo para aquecer suas residências. A eletricidade é também produzida a partir do metano que provém da mineração do carvão.

As fontes antropogênicas e as fontes humanas relacionadas, que provocam as emissões de metano, constituem uma preocupação crescente para as autoridades mundiais. Suspeita-se que os seres humanos produzem mais metano do que o ambiente consegue suportar. As fontes antropogênicas incluem alguns setores, como de produção de combustíveis fósseis, de mineração de carvão, agricultura,da construção, de transportes e de águas residuais, que acabam produzindo resíduos, desviam o curso das águas subterrâneas e geram poluição através dos automóveis.

Muitas das fontes humanas relacionadas parecem ser o resultado de uma população crescente, e este fator não pode ser modificado tão facilmente. Como o metano é considerado um gás asfixiante, as pessoas têm mais um motivo para se preocupar. Uma parcela significativa das emissões de metano em certos países é a consequência de aterros sanitários. O metano tem a capacidade de rápida dissipação, e quando isso acontece, as pessoas estão em risco de exposição a níveis excessivos de gás.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Meio Ambiente
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Meio Ambiente