Nesta segunda-feira, o grupo Gerdau anunciou a construção de uma nova usina de aços longos especiais no Rio de Janeiro, com investimento de US$ 360 milhões. Há três semanas, a Aços Villares também informou ao mercado que pretende dobrar sua capacidade de produção, hoje em 700 mil toneladas, no prazo de três a sete anos, em duas etapas.

Os aços longos especiais são voltados em grande parte para a demanda das autopeças. A Villares detém 60% desse mercado. Já a Gerdau - Aços Finos Piratini produz 400 mil toneladas/ano e planeja ampliar esse volume em 20% até o final de 2005. A nova planta da Gerdau, que será instalada no distrito industrial de Santa Cruz, terá a mesma capacidade de produção da Piratini.

Autor(es): Usinagem Brasil

facebook      twitter      google+

Empresas
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Empresas