Como prevenir acidentes no trabalhoOs acidentes de trabalho ocorrem por vários motivos, e no setor industrial os riscos ocupacionais são maiores devido aos índices de periculosidade e insalubridade dentro do chão de fábrica. O contato com equipamentos e com produtos químicos oferece grandes chances de lesões aos operários, caso eles não tomem os devidos cuidados e não façam uso dos equipamentos de proteção individual. Mas mesmo em outros departamentos, as chances de acidentes continuam existindo e entender por que eles acontecem, bem como saber como prevenir acidentes no trabalho, são os primeiros passos que levam à segurança total. Cabe destacar que os atos inseguros (proporcionada por erros e negligências das próprias pessoas) causam quatro vezes mais acidentes e lesões do que as condições inseguras.

Esta lista vai abranger sete comportamentos que podem causar acidentes de trabalho.

  1. Excesso de confiança: Ter confiança e segurança ao desempenhar certas tarefas é primordial, mas o excesso de confiança pode ser perigoso na medida em que o operador passa a não prestar muita atenção no que está fazendo, por acreditar que já sabe cada passo que preciso executar. Pensar que "isso nunca vai acontecer comigo" é uma atitude que pode levar a procedimentos inadequados ou métodos inapropriados durante a execução de alguma atividade.
     
  2. Ignorar procedimentos de segurança: Deixar de observar os procedimentos de segurança é um fator que podem colocar em risco todos os trabalhadores. Regras e procedimentos em vigor são sempre importantes e devem ser seguidos à risca pelos trabalhadores. Ter uma atitude negligente em relação às normas de segurança conduz ao perigo extremo dentro das plantas industriais, principalmente em alguns setores como o de construção civil e no de elétrica.
     
  3. Condições insegurasPressa é inimiga da perfeição: Quando tentamos ser mais eficientes em um período de tempo mais curto, o resultado disso é o surgimento de extrema ansiedade e pressa em concluir um serviço o mais breve possível. Para que isso aconteça, muitos profissionais criam “atalhos” e pulam etapas e procedimentos essenciais na segurança deles e de outras pessoas. Essas atitudes provocam situações de insegurança e uma maior chance de lesões.
     
  4. Instruções incompletas ao iniciar uma tarefa: Muitas vezes o trabalhador se vê intimidado em pedir instruções para melhorar o entendimento a cerca de certos procedimentos a serem adotados na execução de uma tarefa. Com isso, o trabalho fica comprometido e os resultados podem não ser o espero, acarretando também na falta de segurança. Em razão disso é que muitas vezes a aplicação de treinamentos em segurança do trabalho de funcionários é uma necessidade para evitar a ocorrência de acidentes.
     
  5. Deficiência na limpeza: Uma área de trabalho bem limpa e conservada define um padrão para todos. Piso molhado, sujo, com restos de produtos e objetos espalhados pelo chão proporcionam grandes chances de escorregões e quedas dos funcionários. Por isso, é importante destacar: uma boa limpeza promove um ambiente mais seguro.
     
  6. Distração mental: Fazer uma tarefa com segurança requer atenção mental. É importante manter o foco e deixar os problemas em casa. Mesmo conversas informais podem ser motivos de distração.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Segurança do Trabalho
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Segurança do Trabalho