Nesta quarta-feira, a Toyota, maior montadora de autos do Japão, anunciou que vai realizar o recall de mais de 139 mil veículos em todo o mundo - incluindo 106 mil modelos de carros híbridos Prius da primeira geração, em decorrência de um problema com o sistema de direção.

O recall abrange cerca de 48.000 unidades do Prius no Japão e um total de 58.000 unidades no exterior, deste total no exterior, 52 mil carros estão nos Estados Unidos. "Se o volante for repetida e fortemente ligado à posição de bloqueio total, existe a possibilidade de as porcas de fixação do eixo do pistão na caixa de montagem do aparelho se soltarem", disse a companhia em um comunicado. "Caso o veículo esteja em operação contínua, nesta condição, ao longo do tempo, o cliente irá gradualmente perceber a necessidade de um aumento significativo nos esforços em relação à direção ao fazer uma curva para a esquerda", disse a Toyota em comunicado.

Os concessionários Toyota deverão resolver o problema sem ônus para o proprietário, segundo a fabricante de automóveis japonesa. A Toyota também anunciou um recall de mais de 21 mil carros compactos iQ no Japão com o objetivo de consertar o sistema de travagem. Um total de 12.000 iQs serão recordados em outros países, incluindo a Grã-Bretanha, de acordo com a Toyota.

"A preocupação refere-se a um processo de limpeza inadequado durante a fabricação dos tubos de freio, que poderia levar à passagem de material externo ao cilindro mestre do freio," disse a Toyota. "Isso poderia acarretar a redução da força de frenagem e aumentar o deslocamento do pedal", conclui a montadora.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Empresas
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Empresas