No primeiro trimestre, o comércio internacional entre a Alemanha e os países fora da Zona do Euro cresceu mais do que com os seus parceiros no bloco de 17 nações, segundo dados oficiais divulgados em 2 de junho.

O comércio internacional alemão subiu 18,8% nos três meses deste ano, alcançando a marca dos 260 bilhões de euros (US$ 375 bilhões), enquanto as importações foram 20,9% superiores, em comparação com o mesmo período do ano anterior, atingindo a quantia de 220 bilhões de euros.

A Alemanha é o segundo maior exportador do mundo, depois da China. As exportações para a Zona do Euro e outros países da União Europeia foram alavancadas em 14,7% e 16,6%, respectivamente, mas as exportações para outros países, os chamados países terceiros, saltou 22,3%.

China, Rússia e Turquia foram os países que mais se aproveitaram substancialmente dos produtos alemães. As importações apresentaram um quadro semelhante, com países como Brasil, Índia e Rússia registrando aumentos de mais de 35% nos embarques para a Alemanha, quase o dobro da média dos seus parceiros da Zona do Euro (17,7%).

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Comércio Internacional
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Comércio Internacional