A Diretoria da Petrobras acatou a abertura di processo de licitação que prevê a contratação de até 21 sondas de perfuração marítimas, que serão construídas no Brasil e deverão ser empregadas no atendimento das demandas exploratórias e de desenvolvimento da produção da empresa do setor de petróleo e gás.

Um contrato de afretamento será assinado para cada unidade de perfuração projetada será assinado entre a Petrobras e a empresa vencedora da licitação, e outro contrato de operação com companhia experiente em operação de sondas de perfuração marítimas será firmado também.

A empresa convidada terá a oportunidade de apresentar proposta para um ou mais lotes, abrangendo uma ou mais unidades, até o máximo de vinte e uma sondas. Será também requerida, conforme critério da Agência Nacional de Petróleo, a certificação de conteúdo local, com percentuais mínimos.

A licitação integra a estratégia da Petrobras em contratar de até 28 unidades novas de perfuração que serão construídas em território brasileiro para exploração em águas ultra-profundas, inclusive os campos no pré-sal. Em fevereiro deste ano, foi divulgada a contratação do primeiro lote de sete sondas pela companhia brasileira do setor petrolífero.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Petróleo & Gás
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Petróleo & Gás