A montadora de carros de luxo BMW confirmou nesta última quinta-feira, 09 de junho, que irá investir US$ 822 milhões na montagem de novos modelos da marca Mini no Reino Unido, uma medida que deverá garantir cerca de cinco mil empregos. O anúncio surge um dia depois de a Nissan anunciar que planeja construir nos próximos anos o modelo de automóvel crossover Qashqai também na Grã-Bretanha.

O comunicado foi feito pelo presidente do Grupo BMW, Norbert Reithofer, em uma reunião com o primeiro-ministro britânico, David Cameron, em Londres. Cameron também se reuniu com o conselho de administração da Associação Europeia dos Fabricantes de Automóveis e disse que os investimentos realizados pela BMW e pela Nissan prometem impulsionar significativamente a indústria manufatureira automotiva no país, além de ajudar a reequilibrar uma economia fortemente dependente das indústrias de serviços e dos bancos.

"Esta ação é parte da ambição do governo britânico de reequilibrar a economia na região", disse Cameron. "Nós fomos muito dependentes dos serviços financeiros, muito dependentes de uma parte da economia do país. Queremos ver mais produção, e estou muito contente que muitos fabricantes de automóveis estão trazendo a oportunidade de produção e a cadeia de suprimentos onshore. Queremos incentivar esta nova realidade”, finalizou Cameron.

O novo Mini Coupé será lançado ainda este ano e os Mini Roadster em 2012. Ambos são produzidos na cidade universitária de Oxford, na Inglaterra central.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Economia
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Economia