Para que serve o poliestireno expandidoO poliestireno expandido é um material de espuma de plástico que tem certas propriedades vantajosas por causa de sua estrutura. É extremamente leve e de fácil flutuação, sendo também um bom isolante contra o calor e contra o som. Este material pode ser usado como material de construção ou como um elemento de design, e pode ser moldado em diversas formas para compor uma série de usos domésticos também.

Na maioria dos casos, a espuma de poliestireno expandido é branca e composta de pequenos grânulos interligados. É feita através da combinação de produtos químicos como o etileno e o benzeno, para fazer um composto conhecido como estireno. O estireno é então tratado com outros produtos químicos que causam a polimerização das moléculas de estireno, se agrupam em longas cadeias. Essa reação só acontece até um determinado ponto, e depois é interrompida. Os grânulos resultantes são arrefecidos e depois são limpos.

Após os processos de formação e de limpeza dos grânulos, eles devem ser expandidos, o que acontece em três etapas principais. Primeiro, os grânulos são aquecidos com ar quente ou vapor até a sua densidade atingir três por cento de seu valor original. Os grânulos são então resfriados por 24 horas e moldados. Uma vez dentro do molde, eles são injetados com vapor de baixa pressão, o que expande ainda mais os grânulos, fundindo-os. Quando o molde é resfriado, o poliestireno expandido está acabado e pronto para uso.

Poliestireno expandidoO poliestireno expandido se difere de outro suprimento industrial semelhante, chamado de poliestireno extrudido, com destaque para aspectos importantes. O poliestireno extrudido é feito através de clorofluorcarbonos (CFCs), que são considerados por muitos como prejudiciais para o equilíbrio do ozônio na atmosfera da Terra. O poliestireno expandido é produzido sem esses compostos, tornando-se mais benigno para o meio ambiente. Ambos os produtos, no entanto, podem ser reciclados, como todos os plásticos.

Outra vantagem importante do tipo de poliestireno expandido, especialmente para produtos como copos descartáveis, é seu custo-benefício. A fabricação de espuma de poliestireno requer muito menos energia do que o fabrico de alternativas em papel. Além disso, tem o potencial de criar muito menos resíduos do que papel. Por exemplo, quando devidamente queimado, 907 kg de copos de plástico produzem apenas 5,66 g de cinzas, enquanto a mesma quantidade de papel produz 90,7 kg de cinzas.

Também é importante ressaltar que a espuma de poliestireno não é biodegradável. Esta é considerada uma desvantagem por alguns, mas o fato de que a espuma é quimicamente inerte a torna um material de preenchimento estável, ajudando a fornecer a recuperação de aterros sanitários com segurança. Apesar deste fato, a tendência predominante tem sido a de reduzir e reciclar o esferovite, sempre que possível.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Suprimentos Industriais
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Suprimentos Industriais