O que é mineração automatizadaA mineração automatizada é um processo que utiliza os conhecimentos de robótica, computadores, sensores de posicionamento global (GPS) e outras tecnologias para eliminar ou reduzir a necessidade de trabalho humano nas atividades de exploração de reservas minerais. Em vez de um determinado tipo de equipamento ser operado manualmente por um trabalhador, equipamentos como brocas, bombas, britadores e várias outras máquinas pesadas são controlados por softwares e sistemas avançados CNC. Este processo de mineração automático permite que um número relativamente pequeno de pessoas consiga monitorar toda a operação remotamente. Alguns processos automatizados de mineração excluem quase que totalmente a participação de um operário no local das operações de extração de minerais e metais e no transporte dessas matérias-primas, pois até mesmo veículos como caminhões e equipamentos transportadores que integram toda a operação podem ser automatizados.

Empresas de mineração têm buscado uma maior automatização, pelo menos desde os anos 1990, embora a tecnologia capaz de automatizar totalmente uma mina não existia até por volta de 2008. Naquele tempo, as empresas de mineração firmaram parcerias estratégicas com fabricantes e indústrias de robótica e de outras tecnologias para alcançar um maior grau de automação. Um dos primeiros projetos de mineração automatizada ocorreu no oeste da Austrália, onde uma mina de ferro existente foi equipada com robótica avançada e outros equipamentos como uma forma de teste para uma operação totalmente automatizada. Uma vez que essas minas eram remotas, os planos abrangiam a automatização completa de até mesmo todo o sistema de entrega para levar o minério de ferro até o porto para o transporte.

Mineração automatizadaO processo de mineração automatizado é semelhante a vários processos de manufatura automatizados, embora algumas características sejam um pouco diferentes. As operações de mineração em grande escala fazem uso de equipamentos de grande porte que deve ser monitorados de perto. Além da robótica avançada, que serve para operar este tipo de máquina, o sistema GPS também é aproveitado no rastreamento da localização de cada componente do sistema e também permitir que as máquinas tenham suas posições monitoradas. Estes tipos de avanços permitem que uma mina opere, relativamente, com pouca interação humana, embora ainda haja uma necessidade de supervisão.

As minas que foram automatizadas normalmente têm um centro de controle externo, onde as operações podem ser monitoradas pelos empregados. Uma vez que estes são centros de controle externo, os avanços nas tecnologias de comunicação também foram fundamentais para o advento da mineração automatizada. Cada aspecto de uma operação de mineração é observado a partir desses centros de controle, e os ajustes podem ser feitos normalmente, conforme necessário, visando a aumentar a eficiência. O acompanhamento de perto é também necessário no caso de ocorrer algo imprevisto, porque não há no local os funcionários que darão subsídios na manutenção de equipamentos quebrados ou com defeito, e nesse caso a manutenção remota será bem aproveitada.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Mineração
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Mineração