O que é o aço elétricoO aço elétrico é uma liga que contém ferro e silício, que pode ser fabricado com até 15% de silício, dependendo de como será o produto final e qual será sua finalidade. Também chamado de aço transformado, este tipo de aço é muitas vezes empregado na construção de núcleos de transformadores, bem como de estatores de geradores e motores. Também é eficiente em reter calor, para que as altas temperaturas não causem impacto no desempenho de determinados componentes em linhas de energia e máquinas de fabricação, nas quais é importante manter baixas temperaturas, além de assegurar a eficiência energética e a durabilidade do equipamento.

A perda de calor no aço elétrico é evitada por causa do silício na composição desse tipo de metal. Isso se refere ao que é conhecido como resistividade dentro do aço, impedindo as correntes magnéticas de proporcionarem uma acumulação de escape do calor. O desempenho também é melhorado quando tamanhos maiores de grãos são usados para produzir o aço silício. É válido salientar que o tratamento térmico do aço durante sua produção exerce a tarefa de criar grãos de metal de maior tamanho.

Aços elétricos A estrutura dos grãos em si pode ser orientada para atender a determinadas tarefas. No aço silício de grão orientado, os grãos de todos os pontos estão em apenas uma direção, ou seja, as moléculas enfrentam a mesma orientação polar. Um campo magnético estável é produzido pelo aço elétricas, tornando-o seguro para uso em transformadores de potência e outras aplicações em que o eletromagnetismo estável é importante. Quando as propriedades necessárias magnéticas precisam ser menos estruturadas, o aço silício não-orientado pode ser usado, como no caso de motores ou geradores.

O aço elétrico é vendido em séries, e cada série é definida pelo nível de perda de calor do núcleo. Um exemplo disso é o aço elétrico de série M19, no qual essa perda é relativamente baixa, tornando o material adequado para uso em sistemas de controle de movimento. Os aços elétricos que apresentam maior perda são oferecidos em outras classes, tais como a M43, que não são necessariamente submetidos ao tratamento térmico, ou recozimento, para aliviar as tensões no material provocadas pelo próprio processo de produção do metal.

O desempenho de aço elétrico é melhorado através de isolamento dele. Um revestimento de óxido pode ser aplicado durante a moagem do metal, uma vez que esta é a forma mais barata para isolar o aço, mas o revestimento não resiste muito bem ao estresse. Tipos de revestimentos de esmalte ou verniz oferecem a vantagem do bom isolante térmico, contudo, não é possível aplicar algum tratamento térmico depois de produto já estar finalizado. Os tipos de revestimentos de maior grau são mais versáteis e suportam temperaturas mais altas, mas se o isolamento for forte o suficiente ele pode gerar desgaste em excesso sobre as ferramentas utilizadas no processamento do aço.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Metal Mecânica
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Metal Mecânica