Como funciona um forno de refusãoUm forno de refusão é um dispositivo de aquecimento eletrônico usado para montar componentes eletrônicos em placas de circuito impresso (PCB), através da tecnologia de montagem em superfície (TMS). Esta técnica é amplamente aplicada na indústria de fabricação de produtos eletrônicos, pois permite uma construção mais fácil de dispositivos eletrônicos. Existem vários tipos de fornos de refusão, e eles são fundamentais para garantir que os componentes elétricos sejam devidamente montados e que as ligações elétricas na placa de circuito sejam garantidas através de técnicas de soldagem de refusão.

A tecnologia de montagem em superfície (TMS) é a tecnologia preferida na fabricação de produtos eletrônicos, pois é de baixo custo em comparação com outros métodos. Mesmo que seja possível soldar certos componentes manualmente, este processo de solda manual é muito demorado, pois cada componente tem que ser unido individualmente. Este problema foi resolvido com o desenvolvimento do forno de refusão.

forno de refusãoUm forno de refusão é um equipamento que permite ao usuário controlar a temperatura de aquecimento. Isto é feito pelo primeiro pré-aquecimento do forno para garantir que as temperaturas PCB estejam quentes o suficiente para secar a pasta de solda. Imediatamente após a estabilização térmica ser obtida, a placa PCB é aquecida rapidamente, garantindo que a temperatura do PCB fique maior do que a refusão.

Um forno de fase de vapor é outro tipo de forno refusão que aquece o PCB com energia térmica. Esta energia é derivada da mudança de fase de um líquido de transferência de calor que se condensa no PCB. A escolha do líquido para usar no forno é geralmente determinada pelo ponto de ebulição da liga soldada que é inserida no forno.

Um forno de refusão industrial é usado para circuitos que exigem rápido aquecimento e resfriamento. Quanto mais rápido o processo de aquecimento estiver concluído, menos estresse térmico é colocado sobre os componentes. Estes fornos são geralmente usados em situações que envolvem grandes placas de circuito impresso.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Máquinas & Equipamentos
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Máquinas & Equipamentos