A Alcan, maior fabricante de alumínio do mundo, anunciou a venda da Electrometallurgie para a espanhola Ferroatlántica por pouco mais de € 100 milhões, A Electrometallurgie produz ferro-ligas e era ligada à Pechiney, adquirida ano passado pela empresa canadense.

A venda de ativos faz parte da estratégia da Alcan em se concentrar apenas nos negócios de alumínio. Outras unidades devem ser colocadas à venda, afirmou em comunicado Cynthia Carroll, presidente e CEO da Alcan Primary Metal Group.

A venda da unidade de ferro-ligas deverá ser concluída no segundo trimestre, e "é parte da estratégia de desfazermos das áreas não ligadas ao nosso core business", disse a empresa em nota. O diretor-geral da Ferroatlántica, Javier de Penaranda, afirmou na semana passada que a compra da Electrometallurgie ajudará a empresa, com sede em Madri, a dobrar seu volume de vendas e aumentar seu portfólio em curto prazo.

A Alcan adquiriu a francesa Pechiney por € 3,98 bilhões em fevereiro de 2004, após uma intensa disputa com os acionistas europeus. Ganhou novos clientes no setor aeroespacial (Airbus) e entre os fabricantes de latas de refrigerantes.

Autor(es): Gazeta Mercantil

facebook      twitter      google+

Empresas
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Empresas