A ABB informou no último dia 21 de julho um aumento de 43% no lucro líquido no segundo trimestre ano, faturando US $ 893 milhões. Para conquistar esse resultado, a empresa aponta alguns fatores, como o crescimento industrial forte, a aquisição da divisão Power Systems e a contribuição das recentes aquisições, especialmente da Baldor Electric.

As receitas cresceram 17% e as encomendas cresceram 18% em relação ao segundo trimestre do ano passado, com crescimento relatado nos mercados maduros e emergentes.

Uma das principais medidas de rentabilidade - EBITDA operacional 3 - aumentou 22 por cento sobre o forte crescimento da receita. A margem EBITDA operacional caiu em uma combinação de maiores investimentos em vendas e R & D, erosão dos preços nos negócios de energia, que não foi integralmente compensado por redução de custos, e um mix de receitas menos favoráveis nos segmentos de automação.

"Este foi um trimestre forte, impulsionando o crescimento de receita adicional, além de ger caixa e aumentar de forma sólida o retorno financeiro aos acionistas", disse Joe Hogan, CEO da ABB.

Sobre a ABB

Com sua matriz na Suíça, a empresa ABB (www.abb.com) é líder em tecnologias de potência e de automação, que proporcionam aos seus clientes industriais e de concessionárias um melhor desempenho enquanto reduzem seus impactos ambientais. O grupo ABB opera em cerca de 100 países e emprega aproximadamente 130.000 pessoas.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Empresas
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Empresas