Google
Matérias, artigos e empresas relacionados a Manutenção e Suprimentos para a indústria
Esqueci minha senha

Lojas falsas da Apple são fechadas na China

A investigação sobre as falsas lojas aconteceu depois que um blogueiro americano postou fotos de uma loja quase perfeita da Apple.

Mais notícias relacionadas a tecnologia & inovação:

Tipos de ferramentas de diagnóstico em computadores
Para identificar erros e reparar computadores, um técnico precisa de ferramentas de hardware e software.


Monitor industrial de LCD
Um monitor de LCD industrial difere da tecnologia dos desktops caseiros apenas em sua robustez.


Vettor inova com loja virtual no setor industrial
São aproximadamente 60 produtos para torres de resfriameto de água, em página totalmente dedicada à ...


Na província de Yunnan, no sudoeste da China, as autoridades chinesas fecharam duas falsas lojas da Apple, informou a mídia estatal chinesa nesta última segunda-feira, 25 de julho. Uma investigação envolvendo 300 lojas de TI na cidade de Kunming identificou cinco pontos de vendas utilizando a marca Apple sem a permissão da empresa.

As autoridades locais que estão investigando o caso encontraram dois funcionários das “supostas lojas falsas” da Apple, uma das maiores fabricantes de produtos eletrônicos do setor de tecnologia. Essas lojas não têm licença para funcionar, e por isso receberam ordens de fechar os estabelecimentos até que saiam os resultados do inquérito.

A investigação sobre as falsas lojas da Apple aconteceu depois que um blogueiro americano postou fotos de uma loja quase perfeita da Apple, mostrando funcionários vestindo camisetas com a marca da empresa.

Aparentemente, a loja parecia uma loja da Apple genuína, mas uma inspeção mais detalhada feita posteriormente revelou paredes mal pintadas e uma placa com as palavras "Apple Store”. Cabe lembrar que as lojas verdadeiras da Apple adotam apenas o símbolo da marca, uma maçã mordida, logotipo que ficou bastante famoso em todo o mundo.

O site da Apple relaciona quatro lojas oficiais na China - duas em Pequim e duas em Xangai, e nenhuma em Kunming. A China é considerada por muitos o lar do maior mercado de produtos falsificados no mundo, e apesar das promessas repetitivas do governo de erradicar a falsificação de produtos, especialmente os eletroeletrônicos, muitas lojas e estabelecimentos comerciais continuam comercializando produtos contrafeitos normalmente.


Editora

facebook      twitter      google+

* campos obrigatórios

Outras notícias relacionadas a tecnologia & inovação:

Fundamentos do sistema hidráulico

No nível mais básico, qualquer sistema hidráulico pode ser explicado como uma força que é aplicada a um ponto, ou um pistão, e é então transmitida ...
Red&White cria solução para projetos pré-configurados de SAP

Solução recentemente lançada pela Red&White, que acelera e reduz os custos de implementação de sistemas de gestão SAP, o novo SAP R&W Gold ganha ...
Toyota testa carros que se comunicam entre si e com o trânsito

A Toyota está testando no Japão um sistema de segurança que permite a comunicação entre veículos e com as ruas e estradas. O chamado Intelligent Transport ...
Como funciona um circuito de ultrassom

Sons são ouvidos em toda a natureza, exceto no vácuo do espaço. Humanos e animais muitas vezes dependem do som para obter informações de navegação ...
Fluidodinâmica computacional

Fluidodinâmica computacional é o estudo do comportamento de fluidos - líquidos e gasosos - com o uso de poderosos computadores rodando softwares de métodos numéricos. O conhecimento da intera ...
Tudo sobre o AutoCAD

O AutoCAD, criado pela Autodesk, é o programa de desenho técnico mais utilizado em todo o mundo. Em sua versão 2012, tem mais de 1,25 milhões de ...
Tecnologias sem fio preparada para up grade industrial

A população mundial de usuários de smartphones subiu mais de um bilhão durante esta semana, e a adoção de tais dispositivos sem fio no ambiente industrial ...

Tecnologia & Inovação
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Tecnologia & Inovação


Veja na Agenda de Feiras e Congressos
Veja na Agenda de Feiras e Congressos

Google