Craqueamento térmico na indústria de petróleoO craqueamento térmico é um processo no qual os hidrocarbonetos, como o petróleo, são submetidos ao calor elevado e a altas temperaturas com a finalidade de quebrar as ligações moleculares e reduzir o peso molecular da substância a ser refinada. Este processo é usado para extrair componentes utilizáveis, conhecidos como frações, que são liberados durante o processo de craqueamento. O método de craqueamento térmico é um entre vários métodos usados na indústria do petróleo a fim de processar o petróleo bruto e outros produtos de petróleo para uso comercial.

No processo de craqueamento térmico, o composto a ser refinado é submetido a altas temperaturas e à pressão altíssima. Às vezes, um catalisador é adicionado para controlar as reações químicas que ocorrem durante o processo, com o objetivo de promover o desenvolvimento de moléculas específicas. Como um produto da técnica de craqueamento térmico, frações de vários pesos moleculares podem ser extraídas e processadas posteriormente para outras utilizações, ou acondicionadas para transporte e venda.

Este processo cria radicais livres nos locais onde as ligações moleculares são quebradas, o que pode ser aproveitado em reações químicas, tais como a polimerização, para criar novos compostos químicos. Uma grande variedade de compostos é extraída ou derivada por meio de processos de craqueamento térmico, tornando este processo uma parte valiosa do refino de petróleo. O processo pode ser supervisionado por engenheiros de petróleo ou químicos que estão familiarizados com as necessidades do mercado, e que conhecem bem o produto que está sendo trabalhado.

Processo de craqueamento térmicoÀs vezes conhecido como pirólise, pois envolve a decomposição controlada de um composto químico sob calor e pressão, o craqueamento térmico é projetado na geração de frações mais úteis. O processo de craqueamento térmico do petróleo também é muitas vezes discutido nas aulas de química, introduzindo os conceitos químicos básicos que surgem na indústria de refinaria.

O termo "craqueamento térmico" também é usado em referência ao concreto, asfalto e materiais similares. Neste caso, as baixas temperaturas fazem o material ser mais propenso a rachaduras. Craqueamento térmico de materiais concretos e similares é um motivo de preocupação em ambientes muito frios, principalmente quando o material está sendo usado para estruturas como pontes e edifícios, onde a falha poderia causar uma catástrofe.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Petróleo & Gás
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Petróleo & Gás