O laboratório é o único no Brasil no suporte ao desenvolvimento e estudos de aplicações especiais de contatores e disjuntores. Utilizando como procedimentos de ensaios normas internacionalmente reconhecidas, o Laboratório de P&D tem capacidade para execução de diversos ensaios do qual destacam-se o ensaio de vida elétrica em contatores e o teste de curto circuito em disjuntores e partida de motores.

Com investimento de U$ 1 milhão nesta primeira etapa e contando com 600 m² de área construída, tem localização privilegiada: ao lado da subestação de energia da WEG. “A vantagem desta proximidade é a redução das impedâncias dos circuitos de ensaio, o que permite executar testes com elevados valores de corrente de curto-circuito”, ressalta Reinaldo Stuart Junior, gerente do laboratório.

Investimentos em Tecnologia

A WEG Acionamentos tem investido fortemente em pesquisa e desenvolvimento, inclusive mantendo parcerias com universidades no Brasil e do exterior. Dominar a tecnologia envolvida em seus produtos tem sido um dos princípios que estão presentes nas principais decisões tomadas pela WEG Acionamentos nos últimos anos. Em 1996

a empresa iniciou parceria com a Universidade Técnica de Dresden, na Alemanha, com o objetivo de treinar engenheiros e técnicos para a implantação de um centro de pesquisa e desenvolvimento de dispositivos de manobra, comando e proteção em baixa tensão; para isto, fez fortes investimentos em treinamento de pessoal e na aquisição de equipamentos para o desenvolvimento de novos produtos. Posteriormente, também foram firmados acordos de cooperação com outras universidades alemãs (TU-Braunschweig e TU-Ilmenau).

“A inauguração do laboratório é a conclusão de apenas mais uma etapa no aprimoramento da capacitação tecnológica da WEG para o desenvolvimento de dispositivos de manobra, comando e proteção em baixa tensão”, acrescenta Stuart.

Ao todo, a empresa já investiu mais de US$ 3 milhões na sua capacitação tecnológica para esta área de trabalho, entre estrutura física, pessoal, treinamentos e equipamentos. “A empresa conta hoje com trinta engenheiros e técnicos atuando exclusivamente em pesquisas e desenvolvimento de contatores e disjuntores.”

“É assim, investindo em treinamento e tecnologia, que a WEG sempre cresceu e conquistou a liderança de vários mercados”, entusiasma-se o diretor-superintendente da WEG Acionamentos, Harry Schmelzer Junior.

Em 2004 a WEG Acionamentos apresentou um crescimento de 22% em relação ao ano de 2003. Para o ano de 2005, o budget é de 15%. “Devemos ultrapassar este crescimento em função de grandes expectativas também nas exportações”, finaliza Schmelzer.

Convenções Integradas

A inauguração acontece durante a 40ª Conweg - Convenção dos Representantes de Vendas da WEG - e 17ª Conatec - Convenção dos Assistentes Técnicos da WEG. Com o tema Integração, os eventos acontecem pela primeira vez juntos. A Conweg começou dia 16 de janeiro e vai até a próxima quarta-feira, 19.01. Está acontecendo na ARWEG, em Jaraguá do Sul, e participam os 110 profissionais que representam a WEG por todo o país. O objetivo do encontro é apresentar os resultados de 2004, as estratégias e diretrizes da empresa para este ano.

Logo após a Conweg, de 19 a 21 de janeiro, acontece a Conatec, que reúne 220 assistentes técnicos do Brasil inteiro para conhecer as novidades em produtos e serviços e passar por uma completa atualização técnica. Na quarta-feira, será o ponto alto de integração entre os participantes dos dois eventos: encerramento da Conweg e abertura da Conatec, que será no mais novo prédio da empresa: a Expedição, que conta com 13 mil m².

Autor(es): Divulgação WEG

facebook      twitter      google+

Feiras & Eventos
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Feiras & Eventos