A SBM Offshore NV anunciou que uma de suas afiliadas e a Queiroz Galvão Óleo e Gás SA (QGOG) receberam duas cartas de intenção (LOI), uma da Guará BV e outra do Consórcio BM-S-9, estabelecido pelas empresas Petrobras (operadora, com 45%), BG E&P Brasil LTDA (30%) e a Repsol Sinopec Brasil SA (25%) para os serviços de afretamento por 20 anos e operação de um FPSO destinado ao desenvolvimento do campo de Guará Norte, na área do pré-sal.

O campo de Guará Norte está localizado no bloco BM-S-9 na Bacia de Santos em aproximadamente 300 quilômetros da costa e a 2.300 metros de profundidade. O FPSO irá incluir instalações para processar 150 mil barris de petróleo diários e fluidos de produção, tratamento de gás associado para 6.000.000 Sm3 / d com compressão e remoção de dióxido de carbono, hidrogênio sulfurado remoção e uma academia de injeção de água para 180 mil bpd.

A intenção é que a unidade seja de propriedade e operada por um consórcio em que a participação da SBM Offshore não será inferior a 49,5% e nem superior a 62,25%. O cronograma do projeto prevê a entrega do FPSO em 35 meses a partir da LOI.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Petróleo & Gás
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Petróleo & Gás