A ThyssenKrupp, maior grupo siderúrgico alemão, está apresentando crescimento no setor, mas afirmou que seu lucro líquido no terceiro trimestre foi afetado novamente pelos encargos decorrentes da construção de novas plantas industriais.

A empresa divulgou um lucro líquido de 212 milhões de euros (US $ 300 milhões) em relação aos meses de abril a junho deste ano, uma queda de 22% face ao período homólogo do ano anterior.

As vendas subiram de 10% para 12,8%. No entanto, pesados encargos foram foram apontados como o maior fator prejudicial aos negócios da empresa, devido também aos custos de lançamento de plantas no Brasil e nos Estados Unidos, disse o grupo. Além da atividade de produção de aço, a ThyssenKrupp fabrica elevadores e autopeças e também fornece serviços industriais.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Empresas
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Empresas