A australiana Rio Tinto pediu aumento recorde do preço do minério de ferro de cerca de 50% nas negociações com a siderúrgica japonesa Nippon Steel. A usina também negocia preços com outra fornecedora, a australiana BHP Billiton. Os valores fechados entre essas três empresas normalmente servem de referência para os preços de exportação de minério de ferro australiano para o mercado japonês. A Austrália fornece mais de 60% do minério de ferro importado pelo Japão. A Nippon Steel se opõe ao pedido da Rio Tinto e fontes da indústria japonesa acreditam que o aumento fique entre 30% e 40%.

A Companhia Vale do Rio Doce (CVRD) também está em fase de negociação de preços com clientes, mas evitou dar números. Em 2004, a Vale anunciou nesta época do ano reajuste de 18,6 % nos preços para Arcelor e Baosteel, mesmo percentual adotado pela BHP.

Autor(es): Gazeta Mercantil

facebook      twitter      google+

Empresas
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Empresas