A General Motors acredita que sua marca europeia Opel pode facilmente competir com os automóveis da montadora rival Volkswagen, disse o chefe da GM Europa, Nick Reilly.

"Nós não estamos tentando entrar no segmento de autmóveis Premium (luxo), onde se encontra a BMW e outras montadoras. Nós definitivamente não estamos tentando competir", acrescentou Reilly no Salão do Automóvel de IAA.

"O que estamos tentando dizer, porém, é que observamos que a gama de produtos da marca Opel é capaz de competir no mercado com outras marcas do mesmo patamar", salientou Reilly.

O executivo-chefe da GM, Dan Akerson, disse no início desta semana que o grupo planejava buscar mais sinergias entre a Opel e sua marca norte-americana, a Buick.

Os recentes projetos de qualidade e redução de custos implantados na empresa permitiram que a Opel e a marca Vauxhall - que já enfrentaram problemas de imagem no passado - possam aumentar volumes e voltar a obter lucros, ainda que modestos.

Dada a atual crise da dívida da zona do euro, as expectativas da GM para este ano e no próximo ano não previram o crescimento rápido das vendas, disse Reilly. O mercado europeu ficaria "muito estático, na verdade, (com) um pouco de crescimento nos EUA e um crescimento contínuo na China".

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Empresas
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Empresas