O que significa a sigla EBITDA em EconomiaEBITDA é uma sigla em inglês que significa “lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização”, ou seja, é uma medida de fluxo de caixa que se refere ao lucro obtido por uma empresa antes que sejam deduzidos os impostos e as taxas. Ele permite aos investidores quantificarem a entrada de dinheiro no caixa de uma companhia antes do desconto de impostos e das taxas de depreciação e de amortização.

Basicamente, quando os investidores aplicam dinheiro em uma empresa, eles precisam ter conhecimento do retorno dos investimentos dado por esta mesma organização. E, por isso, o cálculo EBITDA fornece ao investidor uma idéia de quanto dinheiro a empresa lucrou antes de qualquer tipo de dedução. É especialmente útil para uma nova empresa que acaba de começar nos negócios e ainda não foi afetada por impostos, pagamentos aos credores, e assim por diante.

Se o cálculo EBITDA parece ter uma boa taxa de crescimento, os investidores podem utilizar este número em vez do valor global líquido. Este resultado mostrar-lhes que a empresa tem um futuro promissor de crescimento potencial e que eles vão obter um retorno sobre seu investimento. Portanto, os investidores sempre procuram observar a margem EBITDA, em vez da margem líquida.

EBITDA Há problemas potenciais no uso da margem EDITDA na economia micro. O EBITDA deixa de fora do lote de despesas finais, por isso não pode ser uma visão realista de rentabilidade de uma empresa. Ele também não mede o dinheiro real que está fluindo para a empresa por causa dos parâmetros que exclui.

Existem alguns fatores que o EBITDA ignora. Isto inclui o dinheiro necessário para o capital de giro, despesas fixas e os pagamentos da dívida, além de outras despesas de capital. Em todos os negócios, as despesas de capital são uma despesa crucial em curso. No entanto, isto não é levado em conta no valor do EBITDA, para que os investidores possam ser cautelosos ao usarem a margem EBITDA como base para uma margem de lucro.

Há maneiras mais confiáveis dos investidores calcularem o rendimento do caixa da empresa. Eles podem usar o sistema Free Cash Flow (FCF). O sistema FCF é calculado através da simples dedução de despesas de capital a partir da margem do fluxo de dinheiro nos negócios. Isso leva em conta, pelo menos, três dos fatores que o EBITDA despreza: contas a receber, inventário e as despesas de capital, como a ativos fixos e equipamentos.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Economia
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Economia