O que é a recessão na EconomiaUma recessão é uma queda de menos de 10% no Produto Interno Bruto de um país (PIB). Para que esse período de queda na economia seja considerado recessão redução é preciso durar mais de quatro anos consecutivos. O PIB é definido como a soma de gastos privados e dos gastos governamentais em bens, serviços, trabalho e investimentos.

Os termos “recessão” e a “depressão” são frequentemente confundidos. Pode-se dizer que uma recessão, em geral, não é tão grave como uma depressão. A recessão tende a resolver-se mais rapidamente.

As recessões geralmente ocorrem quando há uma queda generalizada nos gastos, muitas vezes após adversos choques de oferta ou do rebentamento de uma bolha econômica. Os governos geralmente respondem às recessões com a adoção de políticas expansionistas macroeconômicas, tais como aumento da oferta de capital circulante, aumentando os gastos do governo e diminuindo a tributação.

recessão na EconomiaDurante as recessões, muitos indicadores macroeconômicos variam de forma semelhante. A produção, medida pelo Produto Interno Bruto (PIB), a taxa de emprego, despesas de investimentos, rendimentos do agregado familiar, aumento da inflação, aumento nos preços, queda dos lucros das empresas, elevação das falências de empresas e a alta do nível de desemprego são apenas alguns dos indicadores de uma recessão econômica.

Nem todos concordam com uma definição específica para determinar uma recessão econômica, mas a maioria pode apontar vários fatores que podem causar uma recessão. Nesse caso, a queda significativa dos preços, ou aumentos significativos deles pode ocorrer. A queda indica que as pessoas podem gastar menos dinheiro na compra de um produto, assim, o PIB é reduzido. Um aumento nos preços também pode reduzir os gastos públicos e privados e, assim, diminuir o PIB.

De certa forma, é bastante natural para os países experimentarem períodos de recessão leves. Este é um fator interno ou endógeno de uma sociedade. Gastos e consumo vão aumentar e diminuir, assim como os preços. No entanto, outro fator além desses ocasionais que incidem na queda de gastos é necessário para provocar uma recessão. Geralmente, algum indicador muda rapidamente e provoca forte aumento ou diminuição dos preços.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Economia
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Economia