A Nissan e uma universidade suíça estão desenvolvendo carros que fazem a varredura dos pensamentos do motorista e prepara o veículo para o próximo movimento. O projeto usa a medição da atividade cerebral, padrões de movimento dos olhos, fazendo a varredura do ambiente ao redor do carro em conjunto com sensores próprios do veículo para “prever” o próximo movimento do motorista.

"A ideia é misturar a inteligência do condutor e do veículo em conjunto de modo que isto elimine conflitos entre eles, levando a um ambiente automobilístico mais seguro ", disse José del R. Millán, um professor da universidade suíça tecnológica EPFL, que está liderando o projeto.

O veículo, em seguida, prepara-se para a manobra, freando, se necessário, fazendo o posicionamento ligeiramente à esquerda ou à direita. Um porta-voz disse que a pesquisa duraria quatro anos, e que "no final desse período, a empresa espera ter um protótipo pronto".

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Empresas
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Empresas