Definição de economia abertaUma economia aberta é uma economia em que o comércio internacional tem grande destaque. A maioria das nações ao redor do mundo possui economias abertas, e muitos países dependem fortemente de comércio internacional para cumprir as metas econômicas e sociais. Como regra geral, as economias abertas são vistas como mais fortes do que economias fechadas, em que o comércio internacional não ocorre, e este tipo de economia tende a ser melhor para as empresas, investidores e cidadãos individuais. Para a economia global, no entanto, as economias abertas podem tornar-se problemáticas, porque quando um grande parceiro comercial passa por experiências de dificuldades econômicas, isso acaba gerando um negativo efeito cascata em todo o mundo. A crise, em vez de ficar confinada apenas a essa nação, se dissemina por vários países do mundo.

Em uma economia aberta, tanto as importações quanto as exportações são permitidas, e estas transações comerciais, por vezes, são responsáveis por grande parte do Produto Interno Bruto nacional total em determinado ano. As importações oferecem aos cidadãos de um país o acesso a produtos e serviços fornecidos por outras nações, proporcionando maior liberdade ao consumidor porque as pessoas passam a ter uma ampla gama de escolhas. As exportações facilitam com que as empresas e cidadãos consigam entrar em outros mercados a fim de encontrar novos compradores para seus produtos.

Definição de economia abertaNações com economias abertas geralmente têm mais acesso ao crédito, pois eles podem contar com fundos de investimentos nacionais e internacionais. Os cidadãos também têm mais opções em termos de investimentos e operações bancárias, porque podem optar por ir além das suas fronteiras nacionais para investir em negócios internacionais. Este fato, por sua vez promove o intercâmbio entre duas ou mais economias, o que cria a força econômica mútua entre parceiros comerciais.

Muitas nações têm leis em vigor que se destinam a promover uma economia aberta, e que servem também para minimizar as restrições sobre as importações e exportações. O termo "pequena economia aberta" é usada para referir-se com uma nação que tem uma economia aberta, mas não conta com grande poder econômico, porque sua economia é muito pequena em comparação com os demais parceiros comerciais. Quando pequenas economias abertas enfrentam problemas financeiros, tais como recessões e inflação, por exemplo, este não tem um impacto muito grande sobre o comércio internacional como um todo, porque a sua fração do comércio total que ocorre anualmente é insignificante.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Comércio Internacional
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Comércio Internacional