Tipos de armazenamentos de dados digitaisQuanto mais as pessoas optam por manter registros eletrônicos, em vez de cópias impressas, a necessidade de armazenar eficientemente dados digitais levou ao desenvolvimento de várias opções de sistemas informatizados de armazenamento. Muitos dos tipos de armazenamentos de dados digitais mais recentes oferecem uma quantidade de espaço de armazenamento virtual que era impensável há apenas dez anos. Ainda assim, algumas das formas mais antigas de armazenamento eletrônico ainda estão em uso entre as pessoas que trabalham com sistemas mais remotos de computação.

Um exemplo de sistema de armazenamento de dados digitais que muitas pessoas se lembram como seu primeiro dispositivo de armazenagem é o disquete. A versão original deste dispositivo foi desenvolvido antes de se tornar um método de armazenamento comum para o público em geral. Criado pela IBM em 1969, as primeiras versões eram apenas para uso comercial e eram muito finos e flexíveis. Foi essa flexibilidade que levou ao nome popular deste suprimento da área de informática e tecnologia.

Conforme os computadores domésticos forem sendo mais adaptados, o disquete se tornou mais compacto, com o formato de um corpo de plástico rígido. Na década de 1990, o disco foi utilizado amplamente para armazenar arquivos, imagens e outros tipos de dados eletrônicos. No entanto, a capacidade deste tipo de dispositivo é limitada, e fez com que ficasso menos eficiente se comparado aos demais dispositivos desenvolvidas mais tarde. O disquete ainda é produzido em quantidades limitadas e é frequentemente utilizado por pessoas que possuem computadores com drive para disquete.

Armazenamentos de dados digitaisO disco compacto é uma opção de armazenamento de dados digitais que é capaz de armazenar substancialmente mais dados do que até mesmo o mais avançado dos disquetes. Primeiro desenvolvido e comercializado em 1982, esta opção começou a eclipsar o disquete no final da década de 1990 e tornou-se o dispositivo de armazenamento de escolha para muitos usuários de computadores nas áreas de negócios nos primeiros anos do século 21. O aumento da capacidade faz com que seja possível armazenar apresentações de áudio e vídeo e outros arquivos que excedem em muito a capacidade de qualquer meio de armazenamento mais restrito.

O disco digital virtual, comumente conhecido como um DVD, é ainda mais poderoso do que um disco compacto. Com uma capacidade que é seis vezes maior do que qualquer tipo de disco compacto, esta opção de armazenamento de dados digitais é capaz de suportar o mais sofisticado dos meios de comunicação visual. Ao longo dos anos, a definição do dispositivo de armazenamento foi reforçada.

O mais recente dispositivo óptico de armazenamento de dados digitais é conhecido como o disco Blu-Ray ®. Embora semelhante a um disco compacto ou digital virtual, esta opção tem uma capacidade de armazenamento muito maior do que até mesmo o mais sofisticado dos discos digitais virtual. Um típico disco Blu-Ray ® pode suportar até 50 GB de dados.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Tecnologia & Inovação
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Tecnologia & Inovação