Lubrificantes de alta temperaturaMuitas empresas e indústrias passam pela experiência negativa de perdas econômicas quando suas máquinas quebram em razão do desgaste, sendo uma das causas deste problema o atrito entre as peças móveis de uma máquina ou de um equipamento. Por isso é importante o uso de lubrificantes, que podem ser lubrificantes líquidos, lubrificantes sólidos ou lubrificantes de alta temperatura, suprimentos estes que ajudam a reduzir significativamente o atrito,e por consequência o desgaste.

Motores e outros equipamentos são alguns dos exemplos de dispositivos que sofrem atrito entre as superfícies das peças quando estão em funcionamento. Os operadores normalmente não percebem o desgaste porque os efeitos não são visíveis até que as máquinas comecem a não funcionar corretamente.

Os tipos de lubrificantes industriais usados na manutenção de máquinas e equipamentos estão disponíveis em forma de graxa, pó, fita de Teflon e muitos mais. O grafite dissulfeto de tungstênio e o dissulfeto de molibdênio são exemplos de lubrificantes secos que funcionam muito bem, mesmo se expostos a temperaturas tão elevadas quanto 350 graus Celsius.

Por que devemos usar lubrificantes?

Os lubrificantes minerais e sintéticos executam uma série de funções que proporcionam a economia de dinheiro às indústrias. Conforme mencionado anteriormente, ao reduzir o atrito entre duas partes móveis, os riscos de um equipamento falhar também são amenizados, o que garante maior vida útil e maior período de produtividade à máquina.

O principal papel dos lubrificantes industriais, especialmente os lubrificantes de alta temperatura, é realizar a transferência de calor e eliminar resíduos e contaminantes. Eles também transmitem energia, fornecem proteção contra o desgaste e a corrosão, além de remover o risco de produzir a formação de fogo ou fumaça por causa de atritos, caso não houvesse a aplicação de um lubrificante adequado.

Lubrificantes com alta temperaturaOs tipos de lubrificantes de alta temperatura são, provavelmente, um bom exemplo para demonstrar como os lubrificantes em graxa ou líquidos podem evitar a formação de faíscas por atrito e outros fatores perigosos. Este tipo especial de lubrificante é utilizado em turbinas a jato, que são operadas em níveis elevados de temperatura. Este suprimento é eficaz mesmo acima das condições normais de temperatura, mantendo-se com a mesma qualidade.

Lubrificantes podem ser classificados em lubrificantes sólidos, lubrificantes de gás e lubrificantes líquidos (que incluem suspensões e emulsões). Os lubrificantes sólidos também são considerados como lubrificantes secos. Eles são classificados em três divisões, ou seja, PTFE ou Teflon, liga, metal e não-metal.

Lubrificantes gasosos têm alta compressibilidade e baixa viscosidade em comparação com oslubrificantes líquidos. Alguns exemplos são gases técnicos, líquidos e vapores de metal-vapor. Lubrificantes líquidos são feitos geralmente à base de óleo como a lanolina, óleos sintéticos e óleos minerais.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Manutenção
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Manutenção