Extintores de incêndio de halogênio: características e utilizaçãoExtintores de incêndio de halogênio remontam aos anos 1950, quando eles eram usados na Europa e mais tarde também foram empregados nos EUA por volta de 1970. O gás halogênio sempre foi um agente de combate ao fogo muito eficaz e, portanto, é amplamente utilizado em aeronaves e operações militares, companhias de aviação, indústrias de manufatura para combater o fogo. O halogênio está geralmente disponível em dois tipos: halogênio 1301 que é um agente gasoso e halogênio 1211 que é um agente líquido. Estes extintores são comumente usados para incêndios provocados por equipamentos elétricos ou líquidos inflamáveis.

Ao contrário dos outros extintores de incêndio, os de base de halogênio são usados raramente. No entanto, o halogênio tem algumas qualidades muito superiores em relação a outros agentes. É reciclável e não deixa qualquer resíduo, o que impede o equipamento elétrico de ser corroído ou danificado. Além disso, é absolutamente inodoro. O método de operação dos extintores de incêndio contendo gás halogênio, especiais equipamentos de segurança, é muito diferente de outros tipos de extintores de incêndio, porque extingue o fogo ao cessar a reação química causada por diversos fatores que levam à formação das chamas, ao contrário de outros extintores que eliminam um dos fatores que causam o fogo.

O halogênio é preenchido sob pressão muito alta em cilindros e, quando pulverizado, ele explode em partículas de gelo. Cuidados devem ser tomados para evitar o contato humano, neste caso, pois poderia causar alguma lesão na pele e nos olhos. Estas ferramentas são leves em peso e, portanto, podem ser facilmente manipuladas. A área de cobertura geral ou o intervalo de descarga deste tipo de extintor é de 9 a 15 pés.

halogênio para extinção de incêndioPor muitos anos ocorreram diversas discussões sobre o uso do halogênio para extinção de incêndio. Embora seja proibido no Reino Unido e na Austrália, não há restrição quanto à sua utilização nos EUA, América do Sul, Ásia e Oriente Médio. No entanto, a produção de novos extintores deste tipo foi interrompida. Os existentes são substituídos ou reciclados e usados repetidamente. Pelo fato de o halogênio não poder ser descartado facilmente, é melhor reciclá-lo para uso continuado.

A principal razão para a proibição do halogênio é o fato de que ele leva ao esgotamento da camada de ozônio, e por isso seu uso é desencorajado. Estes tipos de extintores de segurança também devem ser manuseados com muito cuidado e todas as instruções fornecidas no manual devem ser seguidas corretamente. Os tipos de extintores de incêndio halogenados representam perigo para o corpo humano, causando asfixia, tontura, irritação dos olhos ou da pele, batimentos cardíacos irregulares e assim por diante. No entanto, uma vez que são muito eficazes, são populares entre todos os extintores de incêndio para a venda. Com algumas precauções, estes extintores podem atuar como agentes de combate a incêndio preciosos.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Suprimentos Industriais
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Suprimentos Industriais