tecnologia submarina em petróleo e gásA indústria de petróleo e gás vem utilizando tecnologia submarina em petróleo e gás desde meados dos anos 1970. Ela implica tanto anexar a cabeça de poço a uma plataforma já existente ou conectá-lo a uma unidade flutuante de armazenamento e transferência (FPSO, em inglês, floating production storage and offloading system).

A tecnologia submarina oferece vantagens significativas sobre plataformas fixas de produção, particularmente em locais remotos offshore onde águas profundas, fortes correntes oceânicas e condições climáticas adversas podem ocorrer ou onde oleodutos de exportação são difíceis de instalar ou não rentáveis para serem executados.

FPSOs podem ser lançadas no final da vida útil de um campo e reutilizadas em outros lugares, mostrando benefícios ambientais e econômicos, particularmente para os campos marginais, onde as instalações de produção só podem ser exploradas por alguns anos.

A tecnologia submarina permite que o petróleo e as reservas de gás sejam extraídos de maneira mais econômica e em águas mais profundas do que se plataformas fossem construídas para acessar cada acumulação. Em 2008, 43% da produção de petróleo e gás no Reino Unido, por exemplo, veio de poços submarinos. A demanda por conhecimento sobre equipamentos submarinos e peças submarinas está crescendo em todo o mundo.

Unidade flutuante de produção, armazenamento e transferência (FPSO)

o que é amarração FPSO
o que é FPSO
o que é FPSO de produção
o que são tanques FPSO
o que é transporte de FPSO
o que é segurança de FPSO

O que é amarração FPSO

A indústria offshore de petróleo e gás tem desenvolvido amarrações altamente sofisticadas e estação de manutenção de sistemas que permitem que as FPSOs operem com segurança e confiabilidade.

Em locais onde as condições meteorológicas podem ser extremas, a maioria tem um arranjo de amarração central, localizado dentro do casco da plataforma de petróleo e gás em uma 'torre', que permite girar livremente em torno do ponto de amarração em resposta à direção da mudança do clima.

Isto é conhecido como 'weathervaning' e permite inclinar o navio sempre na direção do vento predominante e correntes, minimizando o impacto das forças da natureza. Muitas vezes, sistemas propulsores também são utilizados para complementar a estação de manutenção e controle do navio.

O que é FPSO

Floating production, storage and offloading (FPSO), ou unidade flutuante de produção, armazenamento e transferência é um sistema flutuante, construído com base na estrutura de um navio, dotado de capacidade de armazenamento de líquido, processamento de produção e transferência de material armazenado para navios aliviadores.

Também conhecida como navio-cisterna, não dispõe de instalações de processo, sendo empregada sempre associada a unidades que não possuem capacidade de armazenamento (fixa, semisubmersível, TLP).

O sistema de ancoragem pode ser do tipo turret (um ponto) ou spread mooring (distribuído).

Existem, ainda, unidades que utilizam posicionamento dinâmico.

São utilizados, principalmente, em regiões com dificuldades geográficas ou inviabilidade econômica de interligação por oleodutos.

O que é FPSO de produção

FPSO (floating production storage and offloading unit, ou unidade flutuante de produção, estocagem e transferência) abrange toda a produção necessária e instalações de processamento, normalmente associado a uma plataforma fixa de petróleo e gás, mas com a adição de tanques de armazenamento para o petróleo bruto recuperado dos poços abaixo do fundo do mar.

Os hidrocarbonetos tratados em um FPSO são produzidos através de poços localizados no fundo do mar.

Dotado de capacidade de processamento de produção, também são conhecidos como navios de produção.

O que são tanques FPSO

As FPSOs (floating production, storage and offloading unit, ou unidades flutuantes de produção, estocagem e transferência) têm tanques para o armazenamento de hidrocarbonetos.

Existem riscos significativos de segurança do trabalho para o pessoal envolvido em atividades de inspeção, manutenção e reparação dentro destes tanques e também dentro de tanques de resíduos, tanques de lastro de água e espaços vazios.

O que é transporte de FPSO

Líquidos não tratados nas plataformas de petróleo e gás são trazidos para a superfície através de máquinas e equipamentos submarinos, compreendendo válvulas no poço (equipamento conhecido como “a árvore de Natal”), tubos flexíveis para conectar vários poços juntos e um riser flexível que se liga ao FPSO (floating production, storage and offloading unit, ou unidade flutuante de produção, estocagem e transferência). Risers flexíveis devem ser muito resistentes e capazes de acomodar o movimento da embarcação sobre eles.

O óleo deve ser transferido da FPSO para um tanque através de mangueiras flexíveis. O processo de carregamento da popa da FPSO para a proa do navio-tanque de transporte é conhecido como "conjunto de carregamento".

O que é segurança de FPSO

Segurança a bordo de qualquer unidade de produção de petróleo, inclusive unidades flutuantes de produção, estocagem e transferência (FPSO) tem prioridade máxima.

Normas de segurança vigentes no país em que se encontra a plataforma de petróleo e gás devem ser amplamente conhecidas e rigorosamente aplicadas.

O casco deve ser projetado para, pelo menos, durar a vida esperada do campo - geralmente 15 a 25 anos - e construído com os padrões que permitam permanecer no mar durante este tempo sem acesso a instalações de acoplamento a seco. 

É importante a forma como o navio vai sobreviver a uma possível colisão no mar (critérios são usados de modo que o navio vai ser capaz de se manter com quaisquer dos dois compartimentos do casco inundadas)

Tanques de petróleo bruto, parte integrante do casco FPSO, são cobertos com gás inerte para manter um ambiente seguro para carga e descarga de petróleo e gás.

O processamento de petróleo e gás é controlado e monitorado remotamente, sistemas de desligamento são construídos para fechar o fluxo e conter hidrocarbonetos sob pressão em despressurização de emergência através de um queimador.

Proteção contra incêndio e explosão é fornecida na forma de revestimentos protetores ou firewalls, sistemas de água são instalados em áreas abertas e sistemas de irrigação em áreas fechadas.

O bloco de alojamento da plataforma é ventilado mecanicamente e pressurizado, tendo ar fresco em local seguro remoto do equipamento de processo, e é assim um refúgio seguro para os funcionários.

Evacuação de emergência em plataformas de petróleo e gás é feita, principalmente, por helicóptero de um heliponto situado diretamente acima do bloco de alojamento, ou por embarcações de serviço; outros métodos usam botes salva-vidas, botes salva-vidas e embarcações de serviço de espera que trabalham no campo.

Os trabalhadores são treinados para responder a vários cenários de acidentes relacionados com os sistemas de processo de petróleo e gás, incluindo desligamento seguro de operações, depressurização e evacuação eventual; todo o pessoal deve possuir equipamento de segurança pessoal, como roupas de sobrevivência e coletes salva-vidas.

Autor(es):

facebook      twitter      google+

Petróleo & Gás
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Petróleo & Gás